• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160359
Documento
Autor
Nome completo
Hildeu Ferreira da Assuncao
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Relações entre a radiação fotossinteticamente ativa e a radiação global em Piracicaba-SP
Palavras-chave em português
MEDIÇÃO
PIRACICABA-SP
RADIAÇÃO SOLAR
REGRESSÃO LINEAR
Resumo em português
Mediu-se as densidades de fluxos radiantes de ondas curtas global (290 a 2800 nm), fotossinteticamente ativa (400 a 700 nm) e infravermelho próximo (700 a 2800 nm) , por 211 dias durante os meses de junho a dezembro de 1993 na Estação Agrometeorológica de Piracicaba, Estado de São Paulo, coordenadas geográficas de 22°42'S, 47°37'W e 570 m de altitude. Foram feitas várias análises de regressão linear em diferentes condições atmosféricas com o objetivo de estimar a fração PAR dentro da radiação global. As frações encontradas de <>=PAR/Qg foram <>=0,417 para dias limpos, <>=0,429 para dias parcialmente limpos e <>=0,496 para dias nublados. No âmbito geral a estimativa da densidade de fluxo de fótons fotossintéticos em E/m2 .dia, independente das condições atmosféricas, foi PAR=1,95Qg, em que Qg é dado em MJ/m2 .dia, semelhante a <>=0,44 ± 0,04. A análise de regressão linear indicou a contribuição da porção fotossinteticamente ativa dentro da radiação global em função da razão de insolação (n/N) como PAR/Qg=0,501-0,102n/N. A estimativa da radiação fotossinteticamente ativa determinada pelo método indireto, PAR=(Qg-NIR), gerou [Qg-NIR]=0,533Qg. As estimativas das densidades de fluxo, em função da radiação no topo da atmosfera (Qo) e da razão de insolação (n/N), foi PAR=Qo[O,498+0,816(n/N)] para fótons fotossintéticos em E/m2 .dia, Qg=Qo[0,224+0,466(n/N)] para global em MJ/m2 .dia e NIR=Qo[0,091+0,239(n/N)] para infravermelho próximo em MJ/m2 .dia. Também determinou-se a variação horária de PAR/Qg em função do horário solar em condições de céu limpo e em condições de céu nublado, obtendo-se como média horária <>=0,45 para dias claros e <>=0,56 para dias nublados. Fazendo- se análises de regressão linear em PAR/Qg, ambos em unidades de W/m2 , em função da elevação solar (β) sob céu claro e sob céu nublado obteve-se a expressão PAR=Qg[0,5117-0,00185(β)] para dias de céu limpo, e PAR=Qg[0,5908-0,00076(β)] para dias de céu nublado. Com a subtração Qg-(PAR+NIR) estimou-se a radiação ultravioleta que variou nas condições atmosféricas de Piracicaba, em termos médios, de 8 a 12% dentro do fluxo radiante global.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.