• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161553
Documento
Autor
Nome completo
Juan Sinforiano Delgado Rojas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Modelo agrometeorológico para estimativa dos efeitos de deficiência hídrica na produtividade agro-industrial da cana-de-açúcar
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
DEFICIT HÍDRICO
MODELO AGROMETEOROLÓGICO
PRODUTIVIDADE
Resumo em português
As elaborações do modelo de estimativa da produtividade agroindustrial da cana-de-açúcar foram analisadas resultados de ensaios experimentais de variedades de cana, irrigadas e não irrigadas, realizados entre os anos de 1974 e 1984, no Instituto de açúcar e óleo (município de Araras/SP). O trabalho foi baseado no modelo de penalização proposta por Jensen (1968), o qual considera a produtividade pode ser relacionada às condições hídricas nos períodos fenológicos críticos por modelo multiplicativo. Conforme essa metodologia, à relação entre os valores de Produtividade Real (Ya), cana não irrigada, é de Produtividade Máxima (Ym), cana irrigada, tanto do colmo como da cana-de-açúcar, foram correlacionados com a Evapotranspiração relativa (ETr/ETm) determinadas durante três fases do ciclo da cultura. Conclui-se que as condições hídricas do solo durante a terceira fase da cultura tem pouco para na produtividade final, e, portanto o modelo pode ser simplificado. Segundo um teste de validação que foi realizado com doze ciclos independentes de cultura, o modelo teve bons ajustes entre os valores estimados e observados. Através destas equações pode se estimar satisfatoriamente a produtividade agroindustrial da cana-de-açúcar, tanto em condições irrigadas como de não irrigadas em função das condições hídricas do solo podendo ser, utilizados dados reais ou médias climáticas, com possibilidade de se estimar a produtividade, quatro meses antes das coheitas
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.