• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155032
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Cristina Manhani
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Uma avaliação do Programa de Formação de Jovens Empresários Rurais - PROJOVEM
Palavras-chave em português
FORMAÇÃO PROFISSIONAL
JOVENS EMPRESÁRIOS RURAIS
Resumo em português
Este estudo analisa vantagens econômicas e sociais advindas da implantação do Programa de Formação de Jovens Empresários Rurais (PROJOVEM). Trata-se de um programa que utiliza metodologia diferenciada baseada na pedagogia de alternância, no construtivismo e na elaboração e implantação de projeto de investimento individual. Este programa visa atender os jovens, filhos de pequenos produtores, de parceiros e de trabalhadores rurais, deficientes em recursos físicos, financeiros e humanos a fim de torná-los empresários rurais. São utilizados dados primários e secundários. A fonte primária de informações utilizada neste estudo foi obtida por meio de entrevistas. A entrevista forneceu os dados necessários à análise socioeconômicas, das expectativas dos jovens e suas famílias e ao cálculo da taxa interna de retorno. Os dados secundários foram conseguidos junto ao CEETEPS, estatísticas do IBGE e outras fontes da literatura. O estudo mostrou que o PROJOVEM atende principalmente famílias carentes do meio rural e jovens interessados em trabalhar e permanecer no campo, sendo que algumas mudanças de caráter social, comportamental e econômicas já são visíveis. Os jovens estão mais integrados à comunidade, mais interessados pelo trabalho, melhoraram o relacionamento com a família, introduzem novas técnicas na propriedade e, com a aplicação do que eles aprenderam durante a implantação do projeto de investimento, têm chances de aumentara renda da família de maneira sustentada e continuada. A análise sobre a função dos monitores dentro do programa detectou falhas na formação de alguns, apesar de possuírem conhecimento técnico alguns não possuem vivência empresarial e nem prática com a metodologia de ensino proposta pelo PROJOVEM. Entretanto, eles conseguem, por meio de aulas diferenciadas que retratam o ambiente do jovem, despertar seu interesse e participação no programa. O cálculo da taxa interna de retorno mostrou que é mais vantajoso para o jovem rural cursar o PROJOVEM e implantar seu projeto de investimento que permanecer no campo como trabalhador rural ou ir para a cidade se dedicar a emprego não qualificado. A partir do momento que o programa possibilita rendimentos maiores no campo que na cidade, o setor urbano deixa de ser tão atrativo para o jovem rural. Os resultados permitem concluir que o PROJOVEM é um programa desejável tanto do ponto de vista econômico como social, podendo contribuir para o fortalecimento da agricultura familiar e tornar-se um fator de desenvolvimento das regiões mais carentes
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.