• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155049
Documento
Autor
Nome completo
Edson Costa Bignotto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Medidas de risco e custos de transação: estudo de caso com tradings e processadoras de café e soja
Palavras-chave em português
ADMINISTRAÇÃO DE RISCO
CAFÉ
CUSTOS DE TRANSAÇÃO
EMPRESAS AGRÍCOLAS
SOJA
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar se a utilização de medidas de risco financeiro que vêm sendo propostas recentemente, como o Value at Risk - VaR, contribui para reduzir custos de transação associados à racionalidade limitada e ao oportunismo em empresas agroindustriais, mais especificamente nas tradings e processadoras de café e soja, foram realizados: levantamento de riscos envolvidos na atividade produtiva, caracterização formal do processo de cálculo do VaR utilizado pelo mercado e identificação de procedimentos de decisão financeira nas organizações envolvidas e suas necessidades quanto ao gerenciamento de risco. Além disto, a revisão bibliográfica foi desenvolvida sempre apresentando exemplos e situações práticas do ambiente econômico. A formulação da medida VaR baseou-se na literatura e em derivações das equações e dos conceitos envolvidos. A parte empírica da pesquisa envolveu levantamento qualitativo de informação, através de dados primários coletados a partir de entrevistas com profissionais ligados, direta ou indiretamente, aos processos de tomada de decisão financeira nos setores de processamento e de trading de café e soja. As empresas foram tipificadas, por motivos didáticos, em duas categorias, procurando, de forma geral, modelos representativos de propriedade e de administração dos negócios: (a) empresas familiares com gestão financeira pelos donos (EFGFD); e (b) empresas com gestão financeira por profissionais contratados (EGFPC). Desta forma, possibilitou-se aproximar as exportadoras de café às EFGFD e as processadoras de soja às EGFPC. Os resultados obtidos sugerem que as EFGFD estão mais expostas a custos de transação associados à racionalidade limitada, pois as decisões quanto às operações financeiras, muitas vezes, independem de embasamento formal, sendo realizadas pelos próprios donos. Há pouco interesse pela utilização de medidas formais de quantificação do risco nas EFGFD. Já, as EGFPC, por possuírem a direção separada dos operadores, estão mais expostas aos custos de transação associados ao oportunismo, além dos custos relacionados à racionalidade limitada. As EGFPC procuram combater esses problemas aprimorando o gerenciamento dos riscos envolvidos. Dessa forma, a utilização de medidas, como o VaR pode servir, apesar das limitações existentes, como instrumento adicional no gerenciamento dos riscos incorridos por essas empresas, além de permitir acompanhamentos mais acurados das operações e dos subordinados. A pesquisa realizada constatou, de fato, um maior interesse das EGFPC pelos mecanismos de monitoramento de risco, em muitos casos envolvendo o VaR. Isso pode sugerir que a importância relativa dos custos de transação associados ao oportunismo, no ambiente em que as transações são realizadas, pode ser percebido como maior para as empresas que os associados à racionalidade limitada
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.