• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160229
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Fazio de Carvalho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Consumo de frutas: um estudo exploratório
Palavras-chave em português
CONSUMO
FRUTAS
TOMADA DE DECISÃO
Resumo em português
O presente estudo está centrado no processo de tomada de decisão de consumo em relação a frutas in natura, com foco no consumo domiciliar. Em um primeiro momento, foi feita uma revisão bibliográfica sobre o processo de consumo, com a apresentação de alguns modelos de comportamento considerados relevantes para o estudo em questão. Além disso, também foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre características específicas do consumo de frutas, tanto a nível nacional, como internacional. A partir deste referencial teórico foi proposto um modelo simplificado, adaptado ao consumo específico de frutas. Este modelo foi utilizado como base para o estudo, visando a obtenção de uma caracterização mais adequada de cada fase do processo de consumo deste tipo de produto. A estrutura proposta pelo modelo simplificado se divide em três fases, pré-compra, compra e pós-compra. Com estes subsídios, realizou-se uma pesquisa exploratória de campo, com o objetivo de testar a estrutura proposta pelo modelo simplificado, verificando se o mesmo permite uma caracterização adequada de processo de consumo desse tipo de produto. A pesquisa de campo foi realizada no município de Piracicaba, em cem unidades residenciais, através de entrevistas estruturadas. Embora o objetivo central do estudo não fosse caracterizar cada fase do comportamento de consumo de frutas, mas sim testar a adequação do modelo simplificado proposto, o estudo apresentou alguns dados que merecem destaque. A influência sociocultural pareceu interferir no comportamento de consumo. Este resultado foi percebido devido à estratificação dos resultados por fatores como renda, escolaridade etc. Durante a pesquisa de campo, percebeu-se que o consumo de frutas foi influenciado por preocupações com a saúde. A preocupação com a ingestão de resíduos químicos, decorrente do consumo de frutas, também foi ressaltada pela maioria dos consumidores entrevistados. Em relação aos diversos tipos de frutas, os resultados da pesquisa mostraram haver estreita correlação entre as frutas preferidas e as efetivamente compradas. Os principais tipos de frutas destacados pelos consumidores como efetivamente comprados foram: laranja, banana e maçã. Em relação ao ponto de venda, os entrevistados ressaltaram a importância da limpeza. O principal local de compra de frutas foram os sacolões/varejões. Em segundo lugar, os consumidores ressaltaram os supermercados. Em relação ao grau de satisfação dos consumidores com as frutas, a maioria dos entrevistados afirmou estar bastante ou totalmente satisfeita com os produtos adquiridos. Finalmente, em relação ao descarte, a maioria dos consumidores afirmou que não ocorreu nenhum desperdício na unidade domiciliar. Os resíduos, por sua vez, são jogados no lixo, conforme destacado pela maioria dos entrevistados. Finalmente, pode-se concluir que a utilização, no levantamento de campo, da estrutura proposta pelo modelo simplificado apresentado, permitiu uma caracterização adequada de cada fase do processo de consumo de frutas. Estes resultados vieram a comprovar a adequação desta estrutura para análise do consumo específico desse tipo de produto
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.