• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Mirian Rumenos Piedade Bacchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
Demanda de carne bovina no mercado brasileiro
Palavras-chave em português
CARNE BOVINA
DEMANDA
ECONOMIA DE MERCADO
Resumo em português
O objetivo principal do presente estudo foi o de obter as elasticidades da demanda de carne bovina no mercado brasileiro. O modelo utilizado para a obtenção dessas elasticidades segue uma abordagem integracionista (considera a inter-relação de todos os bens e serviços) e se fundamenta no conceito de separabilidade homogênea da função de utilidade. Com dados do período 1957-87, a função de demanda foi ajustada pelo método de mínimos quadrados, com as variáveis expressas nos números naturais. As elasticidades encontradas foram: direta: curto prazo = -0,48, longo prazo = -1,09; cruzada com preço de frango: curto prazo = 0,10, longo prazo = 0,22; cruzada com preço de suíno: curto prazo = 0,33, longo prazo = 0,67. O coeficiente da variável preço de frango apresentou-se não significativo o que atribuiu-se a problemas de ordem econométrica ou de qualidade dos dados utilizados. As elasticidades de curto prazo encontradas permitem concluir que variações na renda dos consumidores têm baixa influência no consumo de carne bovina. Conquanto o sinal positivo do coeficiente da variável preço de carne suína indique que esta carne e a bovina sejam produtos substitutos, verifica-se que o consumo de carne bovina é também pouco sensível às variações nos preços de carne suína. A quantidade demandada de carne bovina é mais sensível às variações ocorridas em seu preço, no preço de carne suína e na renda dos consumidores à medida que o tempo se alonga. O valor do coeficiente de ajustamento (δ), calculado a partir do coeficiente da variável consumo de carne bovina defasado, indica que 44,4% da diferença entre a demanda observada e a desejada é eliminada em um período. O tempo necessário para a demanda observada atingir 98% da desejada, foi calculado em 6 anos e 8 meses
Título em inglês
BEEF DEMAND IN BRAZILIAN MARKET
Resumo em inglês
The main objective of this study was to determine beef demand elasticities for Brazilian market. The model used obtaining the elasticities is based on the integrationist approach that recognizes the concept of homogeneous separability of the utility function. Data from the 1957-87 period, expressed in terms of natural numbers, were adjusted by the ordinary least square method. The results estimated for demand elasticities were: Direct elasticity: short term = .48, long term = 1,09; Cross elasticity with chicken meat: short term = .10, long term = .22; cross elasticity with pork meat: short term= .33, long term = .73; Income elasticity: short term = .30, long term = .67. Although the chicken price coefficient in the equation was not significant, we tend to believe that either econometric problems or data quality didn't allow the detection of correlation between this variable and beef consumption. The short term elasticity values found allow us to conclude that variations in income have little influences on beef consumption. Although the positive sign of the pork price coefficient indicates that beef and pork are substitute products, it can be observed that beef consumption is more sensible to its own price variations, pork price and income, in the long run. The adjustment coefficient value (?), calculated from the lagged beef consumption coefficient, indicates that 44.4% of the difference between observed and desired for the observed demand to reach 98% of the desired demand was estimated to be 6 years and 8 months
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.