• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-162014
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Goncalves Silva Franco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Impactos das variáveis macroeconômicas sobre o desempenho das cooperativas de café no Estado de Minas Gerais
Palavras-chave em português
CAFÉ
COOPERATIVAS AGRÍCOLAS
INDICADORES ECONÔMICOS
MACROECONOMIA
Resumo em português
As cooperativas, assim como as demais empresas do país atuam em um contexto econômico-financeiro submetido a transformações rápidas e profundas. De um ambiente marcado pela alta inflação, diversos planos de estabilização econômica, com alto grau de intervenção e economia fechada, caminhou-se para uma economia inserida no contexto global e com relativa estabilidade macroeconômica. Estas transformações promoveram considerável impacto sobre a agricultura, e agravam-se mediante o alto grau de protecionismo dos países desenvolvidos aos seus produtores. As políticas econômicas, de modo geral, e aquelas direcionadas ao setor agrícola impactaram, de forma diferenciada, os diversos setores da economia. O presente trabalho teve como objetivo geral analisar o impacto das variáveis macroeconômicas sobre o desempenho das cooperativas de café do estado de Minas Gerais, durante o período de 1980 a 2000. E, especificamente, analisar o comportamento dos indicadores financeiros dessas cooperativas, ao longo da série de anos estudados. Para o alcance dos objetivos propostos foram utilizados como métodos dois instrumentos, modelo analítico (Logit) em que a variável dependente admite valores discretos, zero e um - variável binária; e apresentação gráfica do comportamento dos indicadores financeiros ao longo dos anos estudados. Os resultados do modelo ajustado identificou quatro variáveis estatisticamente significativas, quais sejam, valor dos Contratos do Crédito para custeio em Minas Gerais, (CCMG), Taxa de Câmbio (TXCAM), Preço pago ao produtor da saca de café em dólar (PRSCUS), e Liquidez Corrente (LIQCOR). O volume de crédito para o custeio do café em Minas Gerais influenciou positivamente a ocorrência das sobras, mostrando a importância da política de crédito com disponibilidade de recursos. A variável Taxa de Câmbio (TXCAM), também mostrou-se importante e com efeito positivo na ocorrência de sobras nas cooperativas. Isto significa que desvalorizações do câmbio favoreceram o desempenho financeiro dessas cooperativas exportadoras de café. O Preço pago ao produtor da saca de café em dólar (PRSCUS), apresentou impacto negativo da ocorrência de sobras nas cooperativas. Quando a PRSCUS estava crescendo, ou seja, quando a cooperativa pagou mais pela saca de café ao associado, as sobras decresceram. Assim, conclui-se pela importância da consideração destas variáveis macroeconômicas para a análise do desempenho de cooperativas.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.