• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161852
Documento
Autor
Nome completo
Arlei Coldebella
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Análise de correspondência na identificação de variáveis associadas com intervalo entre partos em bovinos leiteiros
Palavras-chave em português
ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA
BOVINOS LEITEIROS
INTERVALO ENTRE PARTOS
Resumo em português
Este trabalho tem por objetivo fazer uma revisão de literatura buscando as técnicas e modelos utilizados na identificação de variáveis ou fatores associados com o intervalo entre partos (número de meses que separam as datas entre dois partos consecutivos), em bovinos leiteiros, bem como o de verificar a possibilidade de utilização da Análise de Correspondência para esse tema. Pela revisão bibliográfica, verificou-se que os autores utilizaram-se, na sua maioria, da análise de regressão múltipla, da análise de variância ou da análise de covariância com vistas a identificar quais os fatores que estão associados a essa variável. Para verificar a possibilidade de utilização da Análise de Correspondência, disponibilizaram-se informações através de parceria entre o Departamento de Ciências Exatas (DCE) e o Laboratório de Fisiologia da Lactação (LAFLA), ambos da Escola Superior de Agricultura"Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, sendo que o primeiro proveu suporte técnico para a análise dos dados e o segundo forneceu os dados para estudo. Foram analisadas 2102 observações e 12 variáveis, incluindo o intervalo entre partos. A Análise de Correspondência foi aplicada para duas formas de categorização das variáveis quantitativas continuas (variáveis categorizadas em 8 classes de igual amplitude e variáveis categorizadas em 4 classes de igual freqüência), e de três maneiras diferentes: 1) Análise de Correspondência de tabelas sobrepostas considerando a variável Intervalo entre Partos como"variável resposta"e as demais como"variáveis explicativas", exceção feita à variável Reprodutor, que foi considerada como suplementar; 2) Análise de Correspondência Múltipla, considerando as"variáveis explicativas"(todas as variáveis, exceto Reprodutor) como ativas na análise e a variável Intervalo entre Partos como suplementar ou ilustrativa; 3) Análise de Correspondência Simples, para o cruzamento da variável Reprodutor) com a variável Intervalo entre Partos. As principais conclusões obtidas foram que: a) A análise de correspondência, principalmente de tabelas sobrepostas, mostrou-se uma ferramenta eficiente quando se trata de analisar dados observacionais, onde o interesse é verificar as associações entre"variáveis resposta"e"variáveis explicativas", como no presente caso; b) A categorização em 8 classes de igual amplitude para as variáveis quantitativas contínuas mostrou-se mais discriminatória na análise de tabelas sobrepostas, isto é, discriminou mais variáveis como associadas com o intervalo entre partos do que a categorização em 4 classes de igual freqüência; c) A análise de correspondência múltipla não foi suficientemente discriminatória para o fenômeno em estudo; d) As variáveis Dias em Lactação, Número de Inseminações, Produção de Leite por Dia de Intervalo entre Partos e Reprodutor (efeito genético), estão associadas com o intervalo entre partos, e que outras variáveis como Ano do Parto Anterior e Estação do Ano ao Parto Anterior estão mais fracamente associadas ao intervalo entre partos; e) Pelos resultados obtidos, o Intervalo entre Partos menor ou igual a 13 meses é o desejável nas condições do presente trabalho
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ColdebellaArlei.pdf (4.22 Mbytes)
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.