• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155624
Documento
Autor
Nome completo
Aurea Tomoko Matsumoto Kamikoga
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1988
Orientador
Título em português
Reações de diferentes populações de milho pipoca (Zea mays L,) a Helminthosporium turcicum Pass.
Palavras-chave em português
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
HELMINTOSPORIOSE
INOCULAÇÃO
MILHO PIPOCA
Resumo em português
Em condições de casa de vegetação, foram avaliadas plântulas com 4 ou. 5 folhas verdadeiras de nove populações de milho pipoca sob condições de inoculação artificial com Helminthosporium turcicum Pass. Através da metodologia empregada, foi possível discriminar grupos distintos de populações. A população Pirapoca Amarela comportou-se como altamente suscetível; Dr. Gurgel, Pirapoca Branca e Pipoca. N, coma suscetíveis; CMS-42 e CMS-43, ambas com tipo alho e americano foram considerados populações segregantes e a população Composto Indígena foi a que apresentou maior índice de resistência. Na avaliação da dimensão das lesões para o tipo de reação resistente foram encontradas estimativas geralmente inferiores aos observados nas reações suscetíveis, independente da população analisada. Em relação à esporulação os dados obtidos através do microscópio estereoscópico mostraram que as lesões resistentes apresentaram pouca ou nenhuma formação de conídios no período de 48 horas de incubação. O número de esporos produzidos por unidade de área estimada foram superiores para as lesões do tipo suscetível quando comparado com lesões. resistentes.
Título em inglês
Reactions of different populations of popcorn (Zea mays L.) to Helminthosporium turcicum Pass.
Resumo em inglês
Popcorn seedlings of nine populations, with 4 or 5 true leaves, were artificially inoculated with Helminthosporium turcicum Pass. Distinct groups of populations were distinguished with respect to their. resistance to the pathogen."Pirapoca Amarela" was highly susceptible;"Dr. Gurgel";"Pirapoca Branca"and"Pipoca N"behaved as susceptibles;"CMS-4-2"and"CMS-43", both of the garlic and American type were considered segregating populations, whereas the population"Composto Indígena"showed the highest degree of resistance. With respect to the lesion dimensions, the resistant reaction types showed smaller values than those observed for the susceptible reaction types, independently of the population. In relation to sporulation, the results obtained showed that the resistant lesions had low or no conidial production, after a period of 48 h of incubation. Number of spores per unit area was higher for the susceptible lesion type than for the resistant one.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.