• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160809
Documento
Autor
Nome completo
Maria Elisa Basso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Efeito das doenças ferrugem tropical (Physopella zeae) e ferrugem polisora (Puccinia polysora) na eficiência fotossintética de plantas de milho
Palavras-chave em português
FERRUGEM POLYSORA
FERRUGEM TROPICAL
FOTOSSÍNTESE
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
MILHO
Resumo em português
O efeito da ferrugem tropical do milho, causada pelo patógeno Physopella zeae, e da ferrugem polisora, causada por Puccinia polysora, na taxa líquida de fotossíntese e na transpiração de folhas de milho (Zea mays) foram avaliados em condições de ambiente controlado, nas temperaturas de 21ºC, 26ºC e 31ºC para Physopella zeae e, 22ºC, 26ºC e 28ºC para Puccinia polysora. A taxa líquida de fotossíntese foi relacionada à severidade da doença por meio do modelo matemático Pxx/Po=(1-x)β, onde Pxx representa a taxa fotossintética líquida de folhas com severidade de doença x (em proporção), Po e β representa a relação entre a lesão virtual (área foliar com fotossíntese nula) e a lesão visual (área foliar coberta por sintomas). O parâmetro β caracteriza o efeito do patógeno em toda a gama de severidade de doença. Os valores de β determinados por regressão não-linear (R2 de 0,36 a 0,65 para os ensaios com P. polysora e de 0,34 a 0,69 para Physopella zeae) variaram entre 5,35 a 9,53 para P. polysora e 1,31 a 15,9 para Physopella zeae. Esses valores indicam que houve redução da eficiência fotossintética não apenas no tecido lesionado, mas também em parte do tecido verde remanescente de folhas infectadas. Os valores de β apresentaram alta variação devido à grande variabilidade observada à baixa severidade.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BassoMariaElisa.pdf (2.15 Mbytes)
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.