• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155912
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Albino Bonamigo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Controle químico da rebrota do milheto usado como cobertura vegetal para sistema de semeadura direta no cerrado
Palavras-chave em português
COBERTURA VEGETAL
HERBICIDAS
MILHETO
REBROTA
SEMEADURA DIRETA
SOLO DE CERRADO
Resumo em português
O presente trabalho teve o objetivo de avaliar doses crescentes do herbicida glyphosate, associado a diversos adjuvantes, no controle do rebrote do milheto (Pennisetum glaucum), visando redução de custos no sistema de semeadura direto, nas condições do Cerrado. A pesquisa foi conduzida em área de lavoura, sobre Latossolo Vermelho escuro, textura média, na Fazenda Bonamigo, município de Bandeirantes, Estado de Mato Grosso do Sul. Os tratamentos resultaram das combinações de oito doses de glyphosata, desde 90 glha até 720 g/ha do equivalente ácido (e.a.) ou 0,25 l/ha até 2,00 l/ha do produto comercial (p.c.), com acréscimo em cada intervalo de 90 g/ha (e.o.) ou 0,25 l/ha (p.c.). Para cada dose, o glyphosate foi testado isoladamente e adicionado de quatro tipos de adjuvantes: óleo mineral"Assist", óleo mineral"Glicol", óleo vegetal "Natur´lóleo" e surfatante"Herbitencil". O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com parcelas subdivididas, com três repetições, perfazendo esquema fatorial 8 x 5 x 3, com o fator época em parcelas subdivididas. Após o uso do rolo-fogo na cultura do milheto, foi realizada a aplicação sobre o rebrote com idade de dezesseis dias. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados em 2 épocas, 15 a 30 dias após a aplicação dos produtos, usando a escala de notas para avaliação visual do IAPAR. Os resultados obtidos mostraram que o acréscimo de adjuvantes não trouxe benefício no controle do rebrote do milheto, no|volume de calda trabalhado. O período de ação sobre o milheto abrange 30 dias, necessitando desse período para manifestar todo seu efeito. A dose adequada, ao controle do rebrote do milheto, foi próxima a 540 g/ha (e.a.) ou 1,50 l/ha (p.c.), sendo que a menor dose utilizada correspondente a 4,57 g/ha (c.a.a) ou 127 l/ha (p.c.), na mistura glyphosate +"Assist", proporcionou controle de 90%. As equações de regressão obtidos, para a glyphosate e adjuvantes, podem auxiliar no manejo do milheto, que devido as diferentes situações encontradas no Cerrado, necessita de instrumentos de apoio que proporcionem a escolha de doses adequadas a cada situação
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.