• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160931
Documento
Autor
Nome completo
Marcela dos Santos Müller
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Desempenho de Panicum maximum (cv. Mombaça) em pastejo rotacionado, sob sistema de irrigação por pivô central, na região de cerrado
Palavras-chave em português
CAPIM MOMBAÇA
DESEMPENHO
IRRIGAÇÃO POR PIVÔ CENTRAL
PASTEJO ROTACIONADO
SOLO DE CERRADO
Resumo em português
Com o objetivo de obter maiores subsídios e parâmetros para definição da viabilidade técnica da irrigação de poáceas tropicais, através da avaliação do desempenho vegetal e animal em pastagem implantada (Panicum maximum, cv. Mombaça) sob sistema de irrigação (pivô central), manejada com diferentes categorias de bovinos de corte em pastejo rotacionado, durante os meses de julho a dezembro de 1998, na região de cerrado, foi conduzido experimento a campo, na Fazenda Rio Brilhante, localizada no município de São Desiderio, Estado da Bahia (12°55'12"latitude Sul e 45°42'54"longitude Oeste, com altitude de 750m). Concluiu-se que: (i) a produção de matéria seca de Panicum maximum, cv. Mombaça, durante a primavera, foi maior do que no inverno, devido à ocorrência de maior temperatura mínima e maior área foliar remanescente pós-pastejo, apesar do menor período de descanso da pastagem; (ii) a produção de matéria seca de Mombaça apresentou maior qualidade (proteína bruta, fibra e nutrientes digestíveis totais) durante a primavera quando comparada com a estação de inverno; (iii) observou-se, sob condição de inexistência de estresse hídrico, um aumento da produção de matéria seca de Mombaça com o aumento da temperatura mínima, bem como do período de descanso e da área foliar remanescente pós-pastejo; (iv) as principais limitações climáticas, na região de cerrado, relacionadas com a produção de massa de matéria seca de Mombaça foram a temperatura mínima, durante o inverno e a água, no período de primavera; e (v) os animais machos apresentaram maior ganho de peso, quando comparados com as fêmeas, independentemente da raça
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.