• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161209
Documento
Autor
Nome completo
Renato Fernando Amabile
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1996
Orientador
Título em português
Comportamento de adubos verdes em épocas de semeadura nos cerrados do Brasil central
Palavras-chave em português
ADUBOS VERDES
CROTALÁRIA
ESPAÇAMENTO
FENOLOGIA
GUANDU
MUCUNA PRETA
SEMEADURA
SOLO DE CERRADO
Resumo em português
A adubação verde é uma prática conservacionista pouco utilizada na Região dos Cerrados. Visando obter informações sobre as características fenológicas e composição mineral das espécies de leguminosas utilizadas como adubos verdes, em diferentes épocas de semeadura e espaçamentos na Região dos Cerrados, instalaram-se três experimentos, durante o ano agrícola de 1991/92, na área experimental do Centro Nacional de Pesquisa de Solo/Coordenadoria Centro-Oeste - EMBRAPA, localizada na Estação Experimental da Empresa Goiana de Pesquisa Agropecuária - EMGOPA, em Senador Canedo, GO. As espécies testadas foram aCrotalaria juncea L., mucuna preta (Mucuna aterrima (Piper & Tracy) Merr.), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp.) e Crotalaria ochroleuca G. Don, em três épocas de semeadura e em dois espaçamentos. O delineamento experimental utilizado, dentro de cada época, foi de blocos ao acaso com parcelas subdivididas, apresentando três repetições. As espécies foram correspondentes às parcelas e os espaçamentos às subparcelas. Os resultados obtidos no presente estudo permitiram as seguintes conclusões: I) A interação entre espécies e épocas mostrou-se significativa em relação as produção de matérias verde e seca, evidenciando superioridade relativa das espécies Crotalaria juncea e Cajanus cajan, especialmente nas semeaduras da primeira época. 2) A C. juncea e o C. cajan apresentaram as maiores produções de fitomassa verde e seca, nas condições de Cerrados; 3) O atraso da semeadura, em relação ao início da estação chuvosa reduziu os rendimentos de fitomassa verde e seca produzidos pelas leguminosas; 4) Os espaçamentos de 0,5 m e 0,4 m não influenciaram o período para o florescimento, produção de fitomassa e teores de nitrogênio, fósforo e potássio; 5) As épocas de semeadura afetaram os teores de nitrogênio, fósforo e potássio da parte aérea das leguminosas; e, 6) Os teores de nitrogênio, fósforo e potássio foram influenciados pelas espécies de leguminosas.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.