• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155924
Documento
Autor
Nome completo
Fabio Patrik Pereira de Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Efeito do selenito no cultivo descontínuo de leveduras Saccharomyces cerevisiae, produtoras e não produtoras de H2S
Palavras-chave em português
CRESCIMENTO
LEVEDURAS
LINHAGENS
MEIOS DE CULTURA
SELENITO DE SÓDIO
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento de linhagens comerciais de leveduras Saccharomyces cerevisiae, produtoras e não produtoras de H2S, cultivadas em meio contendo diferentes teores de selenito de sódio. O trabalho consistiu em 4 ensaios de cultivo descontínuo independentes, nos quais avaliou-se os efeitos de teores de 40 e 80 mg de selenito de sódio por litro de meio. Inoculou-se 5 mL de suspensão celular 1% em erlenmeyer contendo 200 mL de meio de melaço com 6% de ART e suplementado com sais (pH inicial 4,0), que foram incubados em agitador a 120 rpm e 30º C por 18 ou 21 h. Retirou-se amostras nos tempos 0; 3; 6; 9; 12; 15; 18 e 21 h para leitura de absorbância em espectrofotômetro a 660 nm. Ao final de cada ensaio, quantificou-se a concentração de selênio na matéria seca, a viabilidade celular e a taxa de brotamento da levedura. No meio delevedurado, determinou-se o pH e o teor alcoólico. Os resultados obtidos revelaram que as linhagens produtoras de H2S não foram afetadas pelos teores de selenito de sódio avaliados, e apresentaram maior produção de biomassa, etanol, crescimento celular mais rápido, demonstrando maior tolerância ao selenito. As linhagens não produtoras de H2S tiveram a velocidade de crescimento, a produção de biomassa final e de etanol reduzidos pelo selenito. A taxa de brotamento celular apresentou redução, tanto nas linhagens produtoras, quanto nas linhagens não produtoras de H2S. O maior nível de selênio na biomassa foi ao redor de 7500 mg.Kg-1 de matéria seca, mas a característica de produção de H2S não afetou o acúmulo de selênio.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.