• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160711
Documento
Autor
Nome completo
Marcilio Vieira Martins Filho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Erodibilidade inter e intra-sulcos dum Latossolo Vermelho-Escuro textura argilosa da região de Jaboticabal - SP
Palavras-chave em português
CHUVA SIMULADA
EROSÃO HÍDRICA
LATOSSOLO VERMELHO-ESCURO
SOLO ARGILOSO
Resumo em português
O objetivo do presente trabalho é estudar as erodibilidades intersulcos (Ki) e intra-sulcos ou em sulcos (Kr) e o cisalhamento hidráulico (Tc), em condições de solo não compactado e compactado, num Latossolo Vermelho-Escuro textura argilosa, na fazenda de ensino e pesquisa da FCAV/ UNESP, em Jaboticabal - SP. A área experimental de 1000 m2 foi subdividida em duas sub-áreas A1 e AM2. A sub-área A2 foi compactada pelo tráfego intenso dum trator de pneus, onde informações de resistência à penetração e outras propriedades físicas e químicas do solo foram determinadas. Dez parcelas de 1,50 m de largura por 0,50 m de comprimento foram utilizadas para avaliar Ki, na primeira metade de cada uma das duas sub-áreas, com o uso de simulador de chuvas. Seis sulcos pré-formados de 9,00 m de comprimento foram utilizados para a avaliação de Kr, na segunda metade de cada uma das sub-áreas, fazendo-se uso de chuva simulada e fluxos adicionais de água aplicados nas cabeceiras dos sulcos. Nesta fase do experimento, também o cisalhamento hidráulico foi determinado através de medidas de parâmetros hidráulicos nos sulcos. Foi verificado que modificações em propriedades físicas do solo como densidade (ds) e resistência à penetração (RP) afetam a erodibilidade solo. Um aumento médio de 9,23 % na ds e de 99,60 % na RP induziram a um decréscimo em Ki. O valor de Ki nos intersulcos não compactados foi 4,6 vezes maior que nos intersulcos compactados (0,46 x 106 vs. 0,10 X 106 kg s m-4). A erodibilidade Kr nos sulcos não compactados (SNC) foi 12 % maior que a obtida nos compactados (SC), ou seja, 7,76 x 10-3 vs. 6,92 X 10-3 s m-1, respectivamente. Já o cisalhamento hidráulico crítico médio nos SC foi 56 % do valor obtido nos SNC (2,48 vs. 4,42 N m- 2). As reduções em Ki e Kr, em condições compactadas, foram atribuídas às menores susceptibilidades ao destacamento pelo impacto das gotas da chuva e às forças cisalhantes, devido ao aumento da resistência do solo com à compactação, respectivamente. As variações em Ki foram relacionadas significativamente com várias propriedades do solo. As diferenças para Kr e Tc não foram significativas, quando se comparou solo compactado com não compactado. O cisalhamento hidráulico crítico apresentou correlações significativas com algumas outras propriedades do solo. A erodibilidade em sulcos não pôde ser explicada por qualquer uma das propriedades analisadas. Contudo, os resultados indicam que as modificações nas propriedades físicas do solo, devido à compactação, são fatores importantes que podem contribuir para uma redução ou para um aumento na erodibilidade dos solos, Ki e Kr.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.