• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161523
Documento
Autor
Nome completo
Eloisa Marques Miotto Zotarelli
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1992
Orientador
Título em português
Calagem e gessagem em uma areia quartzosa cultivada com cana-de-açúcar
Palavras-chave em português
CALAGEM
CALCÁRIO
CANA-DE-AÇÚCAR
GESSO
Resumo em português
Com o objetivo de se estudar os efeitos do uso de calcário e gesso sobre a brotação e o número de perfilhos do canavial; os teores de macronutrientes das folhas +3, o peso de raízes, a produção de cana e os resultados das análises do solo, 4 e 18 meses após a aplicação, foi instalado o presente trabalho em uma Areia Quartzosa utilizando a variedade SP70-1143. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 4 com 3 repetições e dois fatores,: gesso e calcário. Os tratamentos foram obtidos pelas combinações das doses de gesso (O, 1, 2 e 4 t/ha) com as de calcário (0;1,6; 2,4 e 3,2 t/ha). Os resultados obtidos permitiram concluir que: - O uso de calcário aumentou a brotação do canavial, porém o aumento no número de perfilhos estabilizados foi decorrente da aplicação de gesso; - As doses de insumos aplicadas foram responsáveis pelo aumento da concentração de cálcio e enxofre das folhas +3 no caso do gesso, e de magnésio, nos tratamentos com calcário; - O sistema radicular desenvolveu-se mais, principalmente nas profundidades de 0-25 e 25-50 cm, em função do aumento das doses de gesso; - A produção de cana-de-açúcar aumentou linearmente em função das doses de gesso; - Os efeitos da aplicação de gesso no solo nas duas épocas amostradas foram: diminuição dos teores de potássio e magnésio na camada superficial (0-25 cm), aumento do teor de magnésio no subsolo (50-75 e 75-100 cm), aumento dos teores de cálcio e sulfato e da soma de bases, da capacidade de troca de cátions e da saturação por bases até 1 m de profundidade. Os teores de alumínio decresceram até 1m de profundidade de maneira linear e consistente, apenas aos 4 meses após a aplicação dos insumos, mas a saturação por alumínio diminuiu em ambas as épocas; - Com as doses de calcário aplicadas, houve aumento no pH, nos teores de cálcio e de magnésio, S e V, e diminuição dos teores de hidrogênio + alumínio, alumínio e saturação por alumínio apenas na camada superficial (0-25 cm) tanto aos 4 meses quanto aos 18 meses após a aplicação; - Os teores de matéria orgânica não sofreram influência dos tratamentos.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.