• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160112
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo Sigrist Betini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Título em português
Amostragem de aves por pontos em uma floresta estacional semidecidual, São Paulo, Brasil
Palavras-chave em português
AMOSTRAGEM
AVIFAUNA
FLORESTAS
Resumo em português
Este estudo pretendeu testar e discutir como a variação da capacidade de detecção de um observador pode influenciar os resultados de uma amostragem de aves por pontos, em diferentes períodos do dia, tempos de permanência no ponto e distâncias de observação diferentes. Para tal, uma grade com 25 pontos eqüidistantes 100 metros entre si foi marcada numa floresta semidecidual de uma região tropical. Tais pontos eram visitados num dia, em tres períodos de observação, manhã, meio do dia e fim de tarde. Cada período era amostrado por 150 minutos, divididos em amostras de 5 minutos. Neste tempo, cada contato era anotado e estimada sua distância em relação ao observador (dentro ou fora de um raio de 50 metros). Usou-se número de contatos como uma medida da detecção do numero de indivíduos e/ou grau de atividade das espécies presentes na área. Os resultados mostraram que a grande maioria da comunidade de aves pode ser amostrada em quaisquer períodos do dia, porém o esforço de coleta na manhã é praticamente a metade dos períodos do meio do dia e fim da tarde. Porém, estes resultados não são os mesmos para as diferentes espécies. O tempo máximo de espera num ponto foi de 10 minutos, em qualquer período do dia. Distâncias menores que 50 metros foram necessárias para um levantamento quantitativo e para um levantamento qualitativo não houve limite de distância. O método de pontos de amostragem proporciona uma estimativa pouco precisa e pouco acurada da densidade e/ou da abundância das espécies que estão sendo estudadas. A questão e a conclusão à que se pode chegar em trabalhos que usem tais métodos, devem estar na mesma precisão e acurácia que o método empregado
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.