• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160707
Documento
Autor
Nome completo
Paulo César Silveira Pessoa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Desempenho de um sistema pivô central com diferentes configurações de emissores, ao longo do ciclo de uma cultura de milho (Zea mays L.)
Palavras-chave em português
DESEMPENHO
EMISSORES
IRRIGAÇÃO POR PIVÔ CENTRAL
MILHO
Resumo em português
A seleção da configuração de emissores é a principal variável do projetista no dimensionamento de um sistema pivô central. A utilização de emissores de baixa pressão tem potencial para economizar energia, mas tende a agravar os problemas de manejo de água e solo, que podem anular os benefícios da economia energética. A presença da cultura e a dinâmica do meio agrícola são fatores que devem ser considerados num estudo da performance de um sistema de irrigação. Estudou-se o desempenho de um sistema pivô central de 166 m de raio, modificado na extremidade da lateral para simular um equipamento de 500 m, em três tipos de configuração de emissores (aspersor de impacto de média pressão, sprays fixo de baixa pressão em pendural e spray rotativo de baixa pressão) em três fases do ciclo da cultura de milho (Zea mays, L.): estabelecimento, vegetação e granação, utilizando duas lâminas por irrigação ( 25 e 6 mm). Os aspectos abordados foram o escoamento superficial, taxa de aplicação, consumo de energia, eficiência e uniformidade de aplicação. Foi desenvolvida uma metodologia para estimativa da curva de infiltração de água no solo sob irrigação de pivô central baseada na determinação da taxa de aplicação e de escoamento. Os resultados mostram que o escoamento e a taxa de aplicação aumentaram com a utilização de emissores de baixa pressão, sendo maiores para o spray fixo. O escoamento superficial, o perfil da taxa de aplicação e a eficiência de aplicação dos emissores foram alterados pela presença do dossel vegetativo. A retenção foliar variou para cada emissor e pode ser significativa quando se utilizam lâminas pequenas por irrigação. Estes resultados mostram que a presença da cultura deve ser considerada no desempenho do sistema de irrigação. A redução do consumo de energia pela utilização de emissores de baixa pressão pode chegar a 19 % e será mais significativa quanto maior a relação entre a pressão no ponto do pivô e a altura manométrica total. Os emissores de baixa pressão conseguiram uniformidade comparável ou superior aos de média pressão
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.