• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155746
Documento
Autor
Nome completo
Helen Maria Tupy da Fonseca
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1996
Orientador
Título em português
Composição química de folhas de mandioca (Manihot esculenta, Crantz) tolerantes e suscetíveis ao estresse hídrico
Palavras-chave em português
COMPOSIÇÃO QUÍMICA
DEFICIT HÍDRICO
FOLHAS
MANDIOCA
VARIEDADES VEGETAIS
Resumo em português
Este trabalho teve por objetivo determinar os teores de proteína bruta, fósforo, potássio, magnésio, ferro, zinco, açúcares redutores, ácido ascórbico, ácido cianídrico, cálcio e oxalato presentes nas folhas de dez cultivares de mandioca tolerantes e suscetíveis ao estresse hídrico e observar a existência de relação entre estes teores e a tolerância à seca nas cultivares em estudo. Os resultados obtidos mostram que as cultivares de mandioca tolerantes ao estresse hídrico apresentaram maiores teores de proteína bruta, fósforo, potássio e zinco, quando comparadas com a suscetíveis. As cultivares suscetíveis por sua vez, apresentam teores de ácido ascórbico maiores que as cultiváreis tolerantes. Observou-se, também, que os teores de ácido ascórbico foram diretamente proporcionais aos teores de açúcares redutores. Comparando-se os teores de magnésio, ferro, açúcares redutores, ácido cianídrico, cálcio e oxalato encontrados nas folhas das cultivares de mandioca tolerantes e suscetíveis ao estresse hídrico, concluiu-se que não houve diferença significativas entre estes dois grupos de cultivares. As folhas das cultivares de mandioca apresentaram teores semelhantes de todos os nutrientes com exceção do fósforo quando comparadas com fontes tradicionais destes nutrientes. Os teores de HCN nas folhas de mandioca foram considerados tóxicos aos homens e animais e o teor de oxalato esta abaixo do nível considerado tóxico ao homem
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.