• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161230
Document
Author
Full name
Rita de Fatima Alves Luengo
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1994
Supervisor
Title in Portuguese
Dormência natural e ação de giberelina e hidrazida maleica em genótipos de Ipomoea batatas (L.) Lam.
Keywords in Portuguese
BATATA-DOCE
DORMÊNCIA
GENÓTIPOS
REGULADORES DE CRESCIMENTO VEGETAL
Abstract in Portuguese
Os objetivos do presente estudo foram selecionar genótipos de Ipomoea batatas (L.) Lam. com brotamento tardio, que evitam perda pós-colheita devido ao brotamento quando se armazena batata-doce, e estudar o efeito de giberelina e hidrazida maleica sobre a dormência de genótipos de batata-doce com dormência curta e prolongada. Os experimentos foram conduzidos em Brasília (DF) no período de 1990 a 1993 com os cultivares Brazlândia Branca, Brazlândia Roxa, Brazlândia Rosada, Coquinho, Rio Doce e genótipos do banco de germoplasma de batata-doce da EMBRAPA-CNPH. As raízes foram armazenadas por três meses, à temperatura de 25+- 20° C e umidade relativa de 70 a 90%, pois temperaturas superiores a 15,5° C e umidade relativa elevada estimulam o brotamento da batata-doce. A aplicação de hidrazida maleica foi realizada no campo, sobre a parte aérea das plantas, 40 dias antes da colheita nas concentrações 2000mg.L-1, 3500mg.L-1 e 5000mg.L-1 e a aplicação de giberelina foi por imersão das raízes, após a colheit, nas concentrações 5mg.L-1, 10mg.L-1, 15mg.L-1. As características avaliadas foram número de brotações, altura da maior brotação, peso da matéria fresca e respiração. Os resultados obtidos permitiram concluir que existe variabilidade genética entre genótipos de batata- doce em relação à dormência; o cultivar comercial com menor dormência foi Brazlândia Roxa; o cultivar com maior dormência foi Rio Doce. Não foi observado efeito da aplicação de hidrazida maleica a 2000mg.L-1, 3500mg. L-1 e 5000mg.L-1 nem da aplicação de giberelina a 5mg.L-1, 10mg.L-1, 15mg.L-1 na dormência dos cultivares Brazlândia Roxa (dormência curta) e Rio Doce (dormência prolongada). O cultivar Rio Doce apresenta taxas respiratórias mais elevadas que os cultivares Brazlândia Roxa, Coquinho e Princesa. Quando tratado com giberelina, há diminuição nas taxas respiratórias. O cultivar Brazlândia Roxa apresenta médias de matéria fresca superiores em relação ao cultivar Rio Doce, que mostra-se mais sensível à deterioração.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.