• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155005
Documento
Autor
Nome completo
Bernardo Alleoni
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Estudos da cochonilha escama farinha dos citros Pinnaspis aspidistrae (Signoret, 1869) (Homoptera, diaspididae e seletividade de inseticidas a Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763)
Palavras-chave em português
COCHONILHA-FARINHA
CONTROLE BIOLÓGICO
CUCURBITA
INSETICIDAS
JOANINHA
Resumo em português
Pinnaspis aspidistrae (Signoret, 1869) (Homoptera, Diaspididae) é uma praga importante em citros no Brasil. Entretanto as pesquisas a respeito desta praga são escassas, particularmente em nossas condições. Portanto, desenvolveu-se estudos sobre a biologia, predadores e controle químico desta cochonilha, e também os efeitos de inseticidas em Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763), predador freqüente nos pomares citricos. Os experimentos foram desenvolvidos no Departamento de Entomologia da Escola Superior de Agricultura"Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo Pinnaspis aspidistrae foi criada em hospedeiros do gênero Cucurbita em laboratório. Os inseticidas foram testados para o segundo e terceiro estádios ninfais de machos e fêmeas da cochonilha, para os quais utilizou-se colonias da praga em discos de folha de citros em placas de Petri e em aboboras. Os resultados foram os seguintes: Pinnaspis aspidistrae é uma espécie ovipara e apresenta uma reprodução anfigônica; os períodos de longevidade médios foram 59, 17 ± 0,92 dias na estação mais quente e 71,37 ± 1,40 dias na estação mais fria; O número médio de gerações anuais é 5,6; Os coccinelideos predadores da cochonilha foram Exoplectra sp., Scymnus sp. e Stethorus sp., além do crisopideo Chrysopa sp.; óleo mineral e carbofenotion apresentaram baixa toxicidade e abamectin foi seletivo quando aplicados sobre os adultos de Cycloneda sanguinea; óleo mineral, carbofenotion e abamectin foram seletivos e dimetoato medianamente tóxico aos predadores, quando estes foram colocados sobre o substrato previamente tratado com aqueles inseticidas; dimetoato e as misturas de azinfos etil, diazinon e carbofenotion com óleo mineral foram eficientes no controle dos dois instares ninfais da cochonilha, independentemente do sexo; óleo mineral, dimetoato e carbofenotion devem ser usados para o controle integrado de Pinnaspis aspidistrae , não somente por serem eficientes mas também porque preservam os coccinelideos predadores
Título em inglês
Study of the citrus fern scale citros Pinnaspis aspidistrae (Signoret, 1869) (Homoptera, diaspididae) and selectivity of insecticides on Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763)
Resumo em inglês
Pinnaspis aspidistrae (Signoret, 1869) (Homoptera, diaspididae) is an important citrus pest in Brazil. However, researches concerning this insect are scarce, particularly in Brazil. Therefore, studies were developed on the biology, predators and chemical control of this pest and also the effects of inseticides on Cyeloneda sanguinea (Linnaeus, 1763) which is frequent predator in orchards. The experiments were set at the Departament of Entomology of"Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz", University of São Paulo, in Piracicaba, State of São Paulo, Brazil. Pinnaspis aspidistrae was reared on cucurbit hosts in the laboratory. The insecticides were tested on second and third nymphal instars of male and female of the scale which were kept on discs of citrus leaves in petri dishes and on pumpkins. The results were as follows: Pinnaspis aspidistrae is an oviparous species and presents amphigen reproduction; the mean longevity periods were 59,17 ± 0,92 days in the hot season and 71,37 ± 1,40 days in the cold season; the mean number of generation per year is 5,6; the coccinellid predators of the scale were Exoplectra sp., Scymnus sp. and a Stethorus sp., as well as the chrisopid Chrysopa sp.; as to the effects of chemicals on Cycloneda sanguinea mineral oil and carbophenothion presented low toxicity while abamectin was selective to this predators. Mineral oil, carbophenothion and abamectin were selective and dimethoate presented median toxicity to Cycloneda sanguinea, when the predator was placed on substratum previously treated with those chemicals; dimethoate and mixture of azinphos ethil, diazibon and carbophenothion with mineral oil were efficient to control the second and third nymphal instars of the pest regardless the sex; mineral oil, dimethoate and carbophenothion should be used on the integrated control of Pinnaspis aspidistrae not only because they provide a good control of the pest, but also because they preserve the coccinellid predators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlleoniBernardo.pdf (3.48 Mbytes)
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.