• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160543
Document
Author
Full name
Marcos Botton
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1994
Supervisor
Title in Portuguese
Resistência varietal e nível de dano Oryzophagus oryzae (Costa Lima, 1936) (Coleoptera: Curculionidae) em cultivares de arroz irrigado
Keywords in Portuguese
ARROZ IRRIGADO
BICHEIRA DA RAIZ
DANOS
RESISTÊNCIA
Abstract in Portuguese
O dano provocado por Oryzophagus oryzae em duas cultivares de arroz irrigado (Bluebelle e BR-IRGA 414 foi avaliado, em condições de campo, utilizando-se 6 níveis de infestação (0,0; 0,71;1,43;2,14; 2,86 e 3,57 casais do gorgulho aquático por planta), no interior de gaiolas (28 plantas/gaiola). Obtiveram-se, nas duas cultivares, correções significativas entre número de casais por planta, porcentagem de folhas com lesões de alimentação dos adultos, número de lesões por folha, número de larvas por plantas e produção de grãos (g/m(sup>2. Nas cultivares Bluebelle e BR-IRGA 414, verificou-se que é possível estimar o número de larvas nas raízes, através das lesões de alimentação dos adultos nas folhas. Com base em equações de regressão linear, constatou-se que um casal do gorgulho aquático por planta reduziu a produção em 4,8 e 5,2 % nas cultivares Bluebelle e BR-IRGA 414 respectivamente, enquanto que uma larva por planta resultou em perdas de 0,54 e 0,60% nas mesmas cultivares. Também foi avaliado o comportamento de 60 genótipos de arroz em relação ao ataque de através dos parâmetros número de larvas por amostra (tubo de PVC com 20 cm de comprimento e 10 cm de diâmetro), índice de crescimento (tamanho) de larvas e de índice de recuperação do sistema radicular . Os genótipos menos infestados pelo inseto foram CL 78-70-L2-9-1M, TF 231-13-lM-5B, CL 44-CA2- 16, TF 241-1-9-1, CL Seleção 251 e IRGA 117-23-2P-1. O tamanho de larvas não foi um parâmetro adequado para discriminar- genótipos resistentes ao inseto por apresentar pouca variabilidade. Os genótipos CL 26-1-1-1, IRGA 234-21-5-6-1 e IRGA 304-6-1-A apresentaram os maiores índice s de recuperação das raízes. Este índice correlacionou-se positivamente com o diâmetro das raízes. Não foi obtida correlação entre número de perfilhos e número de larvas do inseto por amostra .
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
BottonMarcos.pdf (7.67 Mbytes)
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.