• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160715
Documento
Autor
Nome completo
Miriam Virginia Mendes Meloni Mitidieri
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1990
Orientador
Título em português
Efeito de piretróides sobre o acaro rajado tetranychus urticae Koch, 1836 (Acari: Tetranychidae)
Palavras-chave em português
ÁCARO RAJADO
INSETICIDAS PIRETROIDES
TOXICIDADE
Resumo em português
Os inseticidas piretróides têm sido responsabilizados pelo aumento populacional dos ácaros fitófagos em diversos cultivos de expressão econômica. Em vista disso, realizou-se o presente trabalho com o objetivo de se conhecer os efeitos de piretróides sobre Tetrarychus urticae Koch, 1836. Verificou-se a ação ovicida, a capacidade tóxica e a influência na postura (contato direto e indireto) e numa segunda etapa, avaliou-se o efeito repelente dos piretróides no comportamento de fêmeas adultas. O dicofol foi altamente acaricida em oposição ao paratiom metílico e a deltametrina sc. O fenvalerato, a fenpropatrina e a deltametrina CE foram intermediários quanto à eficiência e ação ovicida; causaram baixa postura devido a propriedade repelente. O comportamento de fêmeas adultas foi semelhante nos testes com discos de folha e plantas em vasos. A fêmea foi capaz de diferenciar as áreas tratadas com piretróides com exceção da deltametrina SC, o que causou a fuga das áreas tratadas para aquelas não tratadas. A postura nos tratamentos com deltametrina SC foi maior que naqueles tratamentos com deltametrina CE, seguido do fenvalerato e posteriormente pela fenpropatrina. Em ordem crescente de toxicidade e propriedade repelente obteve-se: deltametrina SC < deltametrina CE < fenvalerato < fenpropatrina
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
Pyrethroid insecticides have been blamed for the population growth of phytophasus mite in quite a few crops. The present work was designed to assess the present of some pyrethroids on Tetranychus urticae Koch, 1836. The study examined the ovacide action, the influence on egg-laying (direct and indirect contact) and in a second phase, the reppelent effect of pyrethroids on adults female behavior was examined. Dicofol had a high acaricide and ovicide action in contast to methyl parathion and deltamethrin SC. Fenvalerate, fenpropathrin and deltamethrin CE were ovicide and had a intermadiate efficiency; their repellent property resulted in decreased egg-laying. Adult females had a similar behavior in both leaf discs and potted plants. In general, females were able to distinguish, except for the deltamethrin SC, between pyrethroid-treated and nontreated areas. Upon contact with the treated areas, females fled. Egg-laying in treatments with deltamethrin Sc was higher than in treatments with deltamethrin CE, followed by fenvalerate and then by fenpropathrin. Pirethroid with increasing order of toxicity and repellency were deltamethrin SC < deatmethrin CE < fenvalerate < fenpropathrin
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.