• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161119
Documento
Autor
Nome completo
Walter Francisco Molina Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1991
Orientador
Título em português
Enfardamento de resíduo de colheita de cana-de-açúcar (Saccharum spp.): avaliação de desempenhos operacional e econômico
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
COLHEITA MECANIZADA
ENERGIA DE BIOMASSA
ENFARDAMENTO
RESÍDUOS AGRÍCOLAS
Resumo em português
O aumento do canavial brasileiro nos últimos anos e sua consequente queima como prática pré-colheita tem preocupado diversos setores da sociedade, devido aos problemas causados por ela, tanto do ponto de vista econômico como ambiental. A hipótese sob a qual esse estudo foi realizado é a de que o resíduo de colheita de cana-de-açúcar sem queima prévia do canavial seja utilizado como combustível nas fornalhas das caldeiras da agroindústria sucroalcooleira, em substituição ao bagaço, que seria comercializado. Para tanto, buscou-se verificar o desempenho operacional e econômico de uma enfardadora de forragem de fardos cilíndricos, operando com esse resíduo, preparando-o para transferência do campo à indústria. Os trabalhos de campo foram realizados no município de Santa Bárbara D´Oeste - SP, com a variedade de cana-de-açúcar SP 706163, em canaviais de 2° e 3° cortes. Concluiu-se, pelos resultados obtidos, que o processo de enfardamento do resíduo, com o equipamento utilizado é viável tecnicamente, embora necessite de adaptações mecânicas e operacionais. A fonte de potência utilizada foi inadequada à operação, inferindo-lhe elevados custos, o que inviabilizou o processo quando considerado o preço do bagaço a granel. Para o bagaço briquetado, o resultado foi positivo. O consumo de energia na forma de combustível, pelo conjunto trator-enfardadora, foi de 1,16% da energia contida no resíduo enfardado. O potencial energético do canavial estudado é atrativo, pois a biomassa hoje descartada pela queima representou, em peso, um terço dos colmas industrializáveis produzidos, com poder calorifico muito próximo ao do bagaço utilizado como combustível nas fornalhas.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.