• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.10.2016.tde-30092016-122716
Documento
Autor
Nombre completo
Andressa Dalmazzo
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Barnabe, Valquiria Hyppólito (Presidente)
Cogliati, Bruno
Crusco, Silvia Edelweiss
Minazaki, Claudia Kiyomi
Pereira, Ricardo José Garcia
Título en portugués
Imunolocalização e expressão do receptor de ocitocina (OTR) e da globulina ligadora de hormônios sexuais (SHBG) em testículo e epidídimo de cães e suas correlações com a qualidade espermática
Palabras clave en portugués
Epidídimo
Espermatozoide
Globulina ligadora de hormônios sexuais
Receptor de ocitocina
Testículo
Resumen en portugués
A ocitocina (OT) é um neuropeptídio hipotalâmico, que dentre suas funções na fêmea destaca-se a contração uterina durante o parto e a ejeção do leite. No entanto, estudos vêm demonstrando importantes funções endócrinas e parácrinas no trato reprodutivo masculino. Evidenciando a possível ação conjunta entre OT e a Globulina ligadora de hormônios sexuais (SHBG). Entretanto, em cães não existem informações disponíveis quanto sua atuação. Assim, estudos direcionados aos receptores de ocitocina (OTR) e SHBG e suas funções no sistema reprodutor masculino, mais especificamente na fisiologia espermática, são de suma importância para os conhecimentos da fisiologia reprodutiva para posterior aplicação em biotecnologias reprodutivas em pequenos animais e humanos, fomentando também novas perspectivas para a utilização terapêutica da ocitocina em enfermidades reprodutivas. Portanto, o objetivo deste estudo é verificar a expressão gênica e proteica do OTR e SHBG no testículo e epidídimo de cães, correlacionando tais dados com a qualidade espermática e dosagem de testosterona. Para tal, foram coletados testículos e epidídimos de 26 cães em idade reprodutiva (1 a 5 anos). Após a orquiectomia, foi realizada a coleta dos espermatozoides provenientes da cauda do epidídimo e então, as amostras foram analisadas quanto à motilidade computadorizada do sêmen (CASA), integridade de membrana plasmática (Eosina/Nigrosina), integridade de membrana acrossomal (Fast Green / Rosa Bengala) e atividade mitocondrial (3´3 Diaminobenzidine). A imunolocalização do OTR e SHBG foi realizada através de imunoistoquímica e imunofluorescência. E a análise de expressão gênica, através da Reação em cadeia da polimerase em tempo real (qRT PCR). E da expressão proteica, através do Western Blotting. Foram encontradas correlações significantes e positivas entre as expressões gênicas do OTR e do SHBG, tanto no testículo como no epidídimo. Além disto, a expressão do OTR no testículo correlacionou-se positivamente com espermatozoides com membrana acrossomal íntegra e negativamente com a porcentagem de células com baixa atividade mitocondrial. Já o SHBG do testículo, correlacionou-se positivamente com a concentração de espermatozoides, porcentagens de células com membrana plasmática e acrossomal íntegras, motilidade, motilidade progressiva e velocidade rápida, e negativamente com a porcentagem de células com baixa atividade mitocondrial. Por outro lado, no epidídimo, a expressão gênica do SHBG apresentou correlação positiva com a porcentagem de células com membrana plasmática íntegra e expressão proteica de SHBG no testículo. Quanto a expressão proteica, o OTR no testículo obteve correlação positiva com testosterona e negativa com atividade mitocondrial nula, já no epidídimo, ocorreu correlação positiva com integridade de membrana acrossomal e negativa também com atividade mitocondrial nula. Em relação ao SHBG, houve correlação positiva com a expressão gênica do SHBG no epidídimo, células normais e padrões de velocidade. E na imunoistoquímica foi possível observar a imunomarcação do OTR e SHBG na musculatura lisa e células de Leydig do testículo e OTR na musculatura lisa do epidídimo. No entanto, não houve imunomarcação do SHBG no epidídimo, assim como expressão proteica. Nossos resultados demonstraram que o OTR e SHBG são expressos nos testículos e epidídimos de cães e que estão relacionados a funções espermáticas importantes, sendo essenciais para o sucesso reprodutivo
Título en inglés
Immunolocalization and expression of oxytocin receptors (OTR) and sex hormone- binding globulin (SHBG) in the testicle and epididymis of dogs: correlation with sperm quality
Palabras clave en inglés
Epididymis
Oxytocin receptor
Sex hormone binding globulin
Sperm
Testicle
Resumen en inglés
Oxytocin (OT) is a hypothalamic neuropeptide that plays important and well known roles in the female such as uterine contraction during childbirth and milk ejection. Notwithstanding, studies have shown important endocrine and paracrine functions also in the male reproductive tract, highlighted by the possible joint action between OT and sex hormone-binding globulin (SHBG). In dogs, however, there is no information available with regards to the role of these hormones in the reproductive function. Thus, studies directed to oxytocin (OTR) and SHBG receptors and their functions in the male reproductive system, specifically with regards to sperm physiology. Such knowledge is essential to understand the reproductive physiology for the subsequent use in reproductive biotechnologies in small animals and humans, especially by providing new perspectives for the therapeutic use of oxytocin in reproductive disorders. Therefore, the aim of this study is to assess the gene and protein expression of OTR and SHBG in the testis and epididymis of dogs, correlating these data with sperm quality and testosterone dosage. To this end, testis and epididymis were collected from 26 dogs in reproductive age (1 to 5 years). After orchiectomy, collection of sperm from the cauda epididymis was carried out and then the samples were analyzed for computerized motility of semen (CASA), plasma membrane integrity (eosin / nigrosine), acrosome membrane integrity (Fast Green / rose Bengal) and mitochondrial activity (3'3 Diaminobenzidine). The immunolocalization of OTR and SHBG was performed by immunohistochemistry and immunofluorescence. Gene expression analysis was performed by real time polymerase chain reaction (qRT - PCR). The protein expression was further assessed by Western Blotting. Significant positive correlations were found between the gene expressions of OTR and SHBG in both the testis and epididymis. Furthermore, the OTR expression in testis was positively correlated to sperm with intact acrosome membrane and negatively to the percentage of cells with low mitochondrial activity. On the other hand, testicular SHBG was positively correlated with sperm concentration, percentage of sperm with intact plasma membrane and acrosome, motility, progressive motility and the percentage of RAPID sperm. Also, negative correlation was found between testicular SHBG and the percentage of cells with low mitochondrial activity. Furthermore, in the epididymis, SHBG gene expression was positively correlated to the percentage of cells with intact plasma membrane and protein expression of SHBG in the testis. In relation to the protein expression, the OTR in the testis correlated positively with blood plasma testosterone and negatively with sperm with no mitochondrial activity. In the epididymis, OTR protein expression correlated positively with sperm showing intact acrosome and negatively with cells with no mitochondrial activity. With regards to SHBG proteins expression, there was a positive correlation to SHBG gene expression in the epididymis, normal cells and some patterns of sperm velocity. In the immunohistochemistry, we observed the OTR and SHBG immunostainings in the smooth muscle and Leydig cells of the testis while, in the epididymis, the OTR immunostaining could be observed only in the smooth muscle. Interestingly, there was no immunostaining or protein expression of SHBG in the epididymis. Our results demonstrated that OTR and SHBG are expressed in the testis and epididymis of dogs and are related to important sperm functions, essential for reproductive success
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-10-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.