• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2010.tde-01042011-162614
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Costola de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Feder, David
Martins, Daniele dos Santos
Título em português
Existem interferências hormonais e modificações morfológicas das glândulas endócrinas tireóide e adrenais na evolução da Distrofia Muscular do cão Golden Retriever?
Palavras-chave em português
Cortisol
Golden Retriever Muscular Dystrophy
Tireotropina
Tiroxina
Triiodotironina
Resumo em português
As doenças neuromusculares são um grupo heterogêneo de doenças genéticas, causadas por mutações nos genes codificando proteínas musculares sarcolemicas, sarcoméricas, e citosolicas. A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma miopatia degenerativa progressiva, caracterizada pela ausência da proteína distrofina na superfície da membrana da célula muscular. O modelo de cão Golden Retriever Muscular Dystrophy (GRMD) apresenta semelhanças clínicas de DMD devido ao seu tamanho maior e significativa fraqueza muscular, é geneticamente homólogo a DMD humana, sendo considerado modelo experimental para estudos de novas propostas terapêuticas e melhor entendimento da fisiopatogenia da doença. Não existe até o momento uma terapia efetiva em bloquear ou reverter o processo da distrofia muscular. Embora a terapia gênica e o transplante de células tronco possam fornecer a cura para a DMD, resultados positivos podem demorar algum tempo até serem clinicamente viáveis. Neste sentido, a busca de informações fisiopatológicas que podem estar correlacionadas com a distrofia, e, com o avanço da pesquisa há possibilidade de melhora na condição vital do paciente, por retardo da progressão dos sinais clínicos ou cura. Existem poucos estudos endócrinos em animais portadores de distrofia como aves, GRMD e o mdx, assim como no homem. Mediante a falta de dados, houve a necessidade de quantificar e comparar hormônios, ainda não analisados, assim como avaliar a morfologia de glândulas endócrinas no modelo experimental GRMD. Para que fosse possível a correlação na interferência hormonal na evolução da Distrofia Muscular do cão, os exames sanguíneos foram comparados com cães normais e com as portadoras, todos da raça Golden Retriever. A mensuração hormonal de triiodotironina total (T3T), tiroxina total (T4T), a tireotropina (TSH) e o cortisol foram processados através de "kits" comerciais para radioimunoensaio, e o tiroxina livre (T4L) com "kit" comercial por diálise. As análises morfológicas das adrenais e da tireóide foram feitas através da macroscopia, microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão de materiais de GRMD e de cães sadios. Anatomica e morfológicamente as glândulas não apresentaram alterações. Os níveis de cortisol não variaram significantemente entre os grupos estudados. Os níveis de T3 total foi semelhante para os animais sadios, portadoras e afetados. T4 total apresentou-se em diferentes níveis em alguns grupos. O T4 livre não variou significantemente entre os grupos estudados. Os níveis séricos de TSH da maioria dos Golden Retriever, afetados, portadores e sadios, apresentaram-se abaixo do limite apresentado pelos valores de referência.
Título em inglês
Are there hormonal interferences and morphological changes in thyroid and adrenal endocrine glands in Golden Retriever Muscular Dystrophy?
Palavras-chave em inglês
Cortisol
Golden Retriever Muscular Dystrophy
Thyrotropin
Thyroxine
Triiodothyronine
Resumo em inglês
Neuromuscular diseases are a heterogeneous group of genetic diseases caused by mutations in genes encoding proteins muscle sarcolemma, sarcomeric, and cytosol. Duchenne Muscular Dystrophy (DMD) is a progressive degenerative myopathy characterized by absence of dystrophin on the surface membrane of muscle cells. The Golden Retriever Muscular Dystrophy (GRMD) shows clinical similarities of DMD due to its size and significant muscle weakness, is genetically homologous to human DMD, and is considered an experimental model for studies of new therapeutic approaches and better understanding of the pathogenesis of the disease.There is not an effective therapy to block or reverse the process of muscular dystrophy yet. Although gene therapy and stem cell transplantation may provide a cure for DMD, positive results may take some time to be clinically viable.In this sense, the search for pathologic and physiologic information can be correlated with muscular dystrophy, and with the advancement of research there is room for improvement in the vital condition of the patient by delaying the progression of clinical signs or cure.There are a few studies in animals with endocrine dystrophy such as birds, and GRMD mdx as well as in man. By lack of data, there was a need to quantify and compare hormones, not yet analyzed, as well as evaluating the morphology of endocrine glands in experimental model GRMD. To make possible the hormonal correlation in the evolution of muscular dystrophy in dogs, blood tests were compared with normal dogs and carriers, all Golden Retrievers. Measurement of total triiodothyronine hormone (T3T), total thyroxine (T4T), the thyrotropin (TSH) and cortisol were processed using commercial kits for radioimmunoassay, and free thyroxine (FT4) with commercial kit by dialysis.The morphological analysis of adrenal and thyroid were made by macroscopic, light microscopy and transmission electron microscopy of materials GRMD and healthy dogs. Anatomical and morphological glands were unaffected. Cortisol levels did not differ significantly between groups. The levels of total T3 was similar to the healthy animals, carriers and affected. The T4 presented at different levels in some groups. The free T4 did not differ significantly between groups. Serum TSH of most Golden Retriever, affected patients and healthy individuals, were below the limit presented by the reference values.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.