• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2010.tde-04022011-111947
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Eustaquio da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Liberti, Edson Aparecido (Presidente)
Azeredo, Rogério Albuquerque
Boldrini, Sílvia de Campos
Título em português
Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar
Palavras-chave em português
Células satélites gliais
Envelhecimento
Fibras colágenas
Gânglio trigeminal
Imunohistoquímica
Resumo em português
O envelhecimento é uma falha progressiva nos processos fisiológicos celulares, produzindo alterações morfológicas nas células e nos tecidos. No sistema nervoso, produz uma redução no número de neurônios, nas fibras nervosas, principalmente nas arborizações dendríticas e nas espinhas sinápticas, e nas células da glia que, de acordo com sua localização e tipo celular, podem diminuir, permanecer constantes ou mesmo aumentar numericamente. Na presente pesquisa, avaliou-se os efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal (GT) de ratos Wistar em animais jovens (2 meses de vida), adultos (12 meses de vida) e idosos (24 meses de vida). Os GT foram submetidos às técnicas histológicas da hematoxilina e eosina e Picro-sírius, onde avaliou-se, respectivamente, a densidade das células satélites glias (CGS) e o componente colágeno ganglionar. Através da técnica histoquímica da NADH-d, avaliou-se a área do perfil do GT, a área do perfil dos corpos celulares dos neurônios ganglionares e a densidade neuronal. Uma avaliação qualitativa foi também realizada relativamente à imunorreatividade dos neurônios ganglionares à substância P (SP) e ao peptídeo intestinal vasoativo (VIP). A densidade das CGS foi maior nos animais jovens do que nos animais adultos e idosos. Verificou-se, qualitativamente, que à medida que o animal envelhece há uma diminuição das fibras colágenas do tipo III, passando a predominar, nos animais idosos, as fibras do tipo I. A área do perfil celular dos corpos neuronais foi maior nos animais adultos sendo que em todos os grupos predominaram neurônios de tamanho médio, com a área do perfil celular entre 490 e 1100 μm2. A densidade neuronal apresentou-se maior nos animais jovens, e sem variações estatísticas entre os animais adultos e idosos. Em todos os grupos estudados, os neurônios pequenos foram os que apresentaram maior imunorreatividade à SP e ao VIP.
Título em inglês
Structural and quantitative evaluation of aging process on trigeminal ganglion of Wistar rats
Palavras-chave em inglês
Aging
Collagen fibers
Immunohistochemistry
Satellite glial cells
Trigeminal ganglion
Resumo em inglês
Aging is a progressive failure in cellular physiological processes. It determines morphological changes in cells of different tissues. In the nervous system, a reduction in neuron number and in neuron fibers, mainly in dendritic tree and synaptic, are described. With aging the glial cells may increase or decrease in number or also remain constant. In the present work the effects of aging were evaluated on the trigeminal ganglion (TG) comparing young (2 months age), adult (12 months age) and old rats (24 months age). Histological sections of TG were stained with hematoxilin-eosin technique to determine the density of satellite glial cells and Picro-sirius under polarized light to evaluate the Types I and III of collagen fibers. The NADH-diaphorase technique allowed determining the perycarion area. The immunoreactivity of ganglionar neurons to Substance P (SP) and vasoactive intestinal peptide (VIP) were also qualitatively evaluated. The glial cells density was higher in young and adult animals than in old animals. The type I collagen fibers predominates in ganglia of old animals whereas in the young animals is characteristic the presence of the type III collagen fibers. Although the perycarion area was higher in adult animals the medium-sized neurons predominated in all groups. Their areas ranged from 490 to 1100 μm2. It was also observed that the neuron density was higher in young animals. In the adult and old animals the neuron density was similar. In all groups the immunoreactivity both to SP an VIP was detected mainly in neurons of small perycarion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.