• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2010.tde-05072010-155225
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Valverde Wenceslau
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Ambrosio, Carlos Eduardo
Covas, Dimas Tadeu
Kerkis, Irina
Souza, Alex Balduino de
Título em português
Análise de células mesenquimais de saco vitelino, figado e medula óssea de fetos caninos
Palavras-chave em português
Cães
Célula progenitoras
Fígado
Medula óssea
Saco vitelino
Resumo em português
Em vista das limitações éticas em torno da obtenção de células-tronco de fetos humanos, o cão é uma alternativa para estes estudos. Além disso, a terapia celular proporciona novas expectativas para o tratamento na espécie. Realizamos o estudo comparativo das células isoladas de saco vitelino, fígado e medula óssea de fetos caninos. As células foram analisadas microscopicamente e ultra estruturalmente. O imunofenótipo das células foi avaliado através de marcadores. Caracterizamos a plasticidade, o cariótipo e o potencial teratogênico destas células. Após expansão as células progenitoras formaram colônias com morfologia fibroblastóide. As células progenitoras do saco vitelino e medula óssea são compostas por: células com alta proporção núcleo-citoplasma e células com citoplasma rico em organelas, enquanto que as células progenitoras do fígado eram semelhantes à célula epitelial e células ricas em organelas. As células-progenitoras dos três tecidos fetais foram positivas para os anticorpos nestina e vimentina, mas negativas para CD45 e CD13. Células progenitoras de medula óssea foram positivas para o marcador CD44. Células progenitoras do fígado e medula óssea expressaram a proteína citoqueratina-18, enquanto as do saco vitelino expressaram ve-caderina. Células positivas para Oct3/4 foram detectadas em todas as células progenitoras. As células-progenitoras do saco vitelino e medula óssea diferenciaram-se em tecidos ósseo, cartilaginoso e muscular; já as do fígado para tecido ósseo e muscular. Nenhum tipo celular diferenciou-se em adipócitos. As células progenitoras da medula óssea diferenciaram em células semelhantes a neurônios. Sugere-se a presença de progenitores semelhantes a células mesenquimais e epiteliais. Todas as células mantiveram o cariótipo estável e não formaram tumores. Células progenitoras de medula óssea apresentaram maior capacidade de proliferação e diversidade de diferenciação. Sugere-se que estas células são possíveis candidatas para a terapia celular.
Título em inglês
Analysis of mesenchymal cells from yolk sac, liver and bone marrow of the canine fetus
Palavras-chave em inglês
Bone marrow
Dog
Liver
Progenitor cells
Yolk sac
Resumo em inglês
The use the human fetuses for stem cells isolation have ethical limitations. In this context the dog is an excellent candidate to fetal stem cells. Furthermore, these cells can be used in cell therapy of canine diseases We aimed at isolation and comparative characterization of progenitor cells from yolk sac, liver and bone marrow of canine fetuses. Cells were characterized using stem cells antibodies. Differentiation assays as well as karyotype analysis were performed. Teratogenic properties this cells were evaluated. After establishment of primary culture, best proliferation potential was observed in bone marrow progenitor cells. Bone marrow and liver progenitor cells were more efficient in CFU-F assay, then yolk sac progenitor cells. Evidenced by TEM cells with a high nuclear-to-cytoplasmic ratio and cells with cytoplasm rich in organelles. Cells isolated from liver showed epithelial-like morphology and cytoplasm rich in organelles. The yolk sac, liver bone marrow cells reacted positively with nestin and vimentin, being negative to CD45 and CD13 antibodies. Additionally bone marrow progenitor cells were positive to CD44. Bone marrow and liver progenitor cells reacted positively with cytokeratin 18. Yolk sac progenitor cells were positive to ve-cadherin. A few Oct3/4 positive cells were found in yolk sac, liver and bone marrow. Yolk sac and bone marrow progenitor cells showed successful osteogenic, chondrogenic, myogenic differentiation. Differentiation liver progenitor cells were able to bone and muscle cells. The bone marrow progenitor cells were able to produce neuron-like cells. None of progenitor cells showed adipogenic differentiation. The study suggests the presence of mesenchymal-like and epithelial-like progenitor cells. All the karyotype remained and failed to induce the formation of tumors. Stem cells from bone marrow showed high diversity of differentiation than other cell types. It is suggested that these cells are possible candidates for cell therapy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-01-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.