• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.10.2017.tde-08112016-110323
Documento
Autor
Nombre completo
Diego Ferreira Muniz da Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Santos, Selma Maria de Almeida (Presidente)
Antoniazzi, Marta Maria
Papa, Paula de Carvalho
Porto, Marcovan
Whitton, Renata Guimarães Moreira
Título en portugués
Reprodução em crotalíneos: Uterine Muscular Twisting in vivo
Palabras clave en portugués
Estradiol
Ovariectomia
Oviduto helicoide
Progesterona
Serpente
Resumen en portugués
Algumas serpentes necessitam obrigatoriamente estocar espermatozoides nos ovidutos para que os oócitos sejam fecundados, isso porque nessas espécies o período de cópula é distinto do período de ovulação. Em geral essa estocagem ocorre em receptáculos de estocagem encontrados na região infundibular. Em Crotalíneos a estocagem tem sido descrita como ocorrendo na região caudal dos ovidutos (junção útero-vaginal) em uma estrutura chamada de Uterine Muscular Twisting (UMT). Essa estrutura tem sido descrita como um twisting que se forma após a cópula e permanece presente até o momento da ovulação. Aqui demonstramos que a UMT não é formado por uma torção (twist) do oviduto e sim por uma helicoide formada pelas camadas internas da junção útero-vaginal. A UMT está presente em fêmeas ao longo de todo o ano, e não somente no período pós-cópula. Nós observamos que a UMT tem diferentes graus de formação, podendo ser forte, fraca ou ausente. A UMT forte é encontrada no periodo reprodutivo da fêmea (outono e inverno austrais) e está presente independentemente de haver espermatozoides nessa região. A UMT fraca é encontrada em todas as fêmeas maduras fora do período reprodutivo. Já a ausencia de UMT é encontrada nas fêmeas prenhes e nas imaturas. Nossos resultados mostram que a UMT é formada mesmo em fêmeas ovariectomizadas com níveis basais de estradiol e que a progesterona é responsável pelo relaxamento da musculatura lisa do oviduto tornando a UMT ausente nas fêmeas
Título en inglés
Reproduction in pitvipers: Uterine Muscular Twisting in vivo.
Palabras clave en inglés
Estradiol
Helical oviduct
Ovariectomy
Progesterone
Snake
Resumen en inglés
Some snakes need must store sperm in the oviduct so that the oocytes are fertilized, that because these species the mating period is distinct from ovulation period. Usually this occurs in receptacles found in the infundibular region. In pitvipers the storage has been described as occurring in the caudal region of oviduct (uterus-vaginal junction) in a structure named Uterine Muscular Twisting (UMT). This structure has been described as a twisting formed after mating and remains present until the time of ovulation. Here we demonstrate that the UMT is not formed by a twist (rotation around its own axis) of the oviduct but by a helicoid formed by the inner layers of the uterus-vaginal junction. The UMT is present in females throughout the whole year, not only in the post-copulation period. We note that the UMT has different degrees of shaping, can be strong, weak or absent. Strong UMT is found in the female reproductive period (austral autumn and winter) and is present regardless of whether sperm cells in this region. Weak UMT is found in all mature females outside the breeding season. Already the absence of UMT is found in pregnant females and the immature ones. Our results show that the UMT is formed even in ovariectomized with basal levels of estradiol and progesterone is responsible for relaxation of smooth muscle of the oviduct making UMT absent in females
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-01-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.