• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2009.tde-10082010-175706
Documento
Autor
Nome completo
Miler Rodrigo Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Bombonato, Pedro Primo (Presidente)
Benedicto, Hildebrando Gomes
Kfoury Junior, José Roberto
Título em português
Avaliação estrutural e quantificação de colágeno na porção atrial do coração de cães sadios e diabéticos
Palavras-chave em português
Átrio
Cão
Colágeno
Diabetes
Tecido conjuntivo
Resumo em português
O coração é formado por tecido muscular especializado e por um esqueleto de tecido conjuntivo que sustenta e dá inserção a musculatura. Este tecido conjuntivo é formado predominantemente por fibras colágenas tipo I, tipo III e fibras elásticas, as quais influenciam diretamente as propriedades estruturais e funcionais do miocárdio. Algumas doenças podem provocar alterações qualitativas e quantitativas no colágeno comprometendo a funcionalidade do órgão. Diante da inexistência de informações sobre os efeitos diretos do diabetes na estrutura atrial e a concentração de pesquisas em torno dos ventrículos, especialmente o esquerdo, que está ligado à circulação sistema, a proposta deste trabalho foi analisar as alterações morfológicas quantitativas e qualitativas do colágeno nas câmaras atriais comparando as diferenças entre os grupos de cães sadios e diabéticos. Além disto, esta pesquisa verificou a distribuição de outros constituintes do átrio como fibras elásticas e colágenas do tipo III. Foram utilizados corações de cães sem raça definida, machos e fêmeas, sadios e diabéticos. As estruturas foram examinadas por microscopia óptica, imunofluorescência e microscopia eletrônica de varredura. A taxa de colágeno nos átrios de cães diabéticos foi maior do que nos átrios de cães sadios. Isso indica que há uma mudança estrutural nos átrios de animais com doença metabólica, a partir da verificação de uma proteína estrutural importante como o colágeno.
Título em inglês
Structural evaluation and quantification of collagen in the atrial portion of the heart healthy and diabetic dogs
Palavras-chave em inglês
Atria
Collagen
Connective tissue
Diabetes
Dog
Resumo em inglês
The heart is composed of specialized muscle tissue and a skeleton of connective tissue that supports and gives muscle insertion. This tissue connective is formed predominantly of collagen type I, type III and elastic fibers, which directly influence the structural and functional properties of the myocardium. Some diseases can cause qualitative and quantitative changes in collagen compromising the functionality of the organ. Due to the lack of information on the direct effects of diabetes on atrial structure and the concentration of researches about the ventricles, especially the left, which is connected to the macro circulation system, the purpose of this study was to analyse the morphological quantitative and qualitative collagen in the chambers atrial comparing the differences between the groups of healthy and diabetic dogs. Moreover, this study found the distribution of other constituents like elastic and collagen type III fibers. We used hearts of mongreal dogs, males and females, healthy and diabetics. The structures were examined by light microscopy, immunofluorescence and scanning electron microscopy. The rate of collagen in the atria of diabetic dogs was greater than in the healthy dogs. This indicates that there is a structural change in the atria of animals with metabolic disease, from the finding of a major structural protein like collagen.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.