• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-11062013-094219
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Malavasi Bruno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rici, Rose Eli Grassi (Presidente)
Amorim, Alberto Ferreira de
Maria, Durvanei Augusto
Título em português
Análise morfológica da nadadeira do tubarão-azul, Prionace glauca, Linnaeus, 1758 (Carcharhiniformes: Elasmobranchii)
Palavras-chave em português
Cartilagem
Citometria de fluxo
Nadadeira
Tubarão
Tumor
Resumo em português
Tubarões e Raias pertencem à classe dos Chondrichthyes, por serem animais que possuem esqueleto cartilaginoso. O Tubarão-azul (Prionace glauca), popularmente conhecido como "cação-azul" dentre todas as espécies de tubarão é a mais abundante no ambiente marinho, podendo ser encontrado em toda a parte do mundo. O estudo teve como objetivo estudar a morfologia das nadadeiras do tubarão-azul (Prionace glauca) e os efeitos sobre células tumorais "in vitro . Os resultados foram obtidos através da microscopia de luz e Citometria de fluxo. Com os caracteres encontrados na analise macroscópica foi possível identificar as nadadeiras obtidas como sendo do Tubarão-azul (Prionace glauca). A histologia da cartilagem da nadadeira do Tubarãoazul, demonstrou que é formada de cartilagem hialina, apresentando três regiões distintas, sendo no seu interior formado por condrócitos, na periferia de cartilagem calcificada e nas bordas formada por pericôndrio com a presença de colágeno tipo I,II e III. Os resultados obtidos das amostras do Elemento Radial não evidenciam alterações funcionais, quanto ao armazenamento, transporte e obtenção do suprimento celular, estes são viáveis e satisfatórios. O composto da cartilagem de tubarão para o tratamento de tumor "in vitro" neste estudo sugeriu que o mesmo apresenta uma atividade anti-tumoral significativa. Mostrou efeito tóxico sobre os tumores de mama murina (TAE) e tumor de mama canino (TMC) em baixas concentrações, não apresentando efeito tóxico nas células de fibroblasto nas mesmas concentrações.
Título em inglês
Morphologicalanalysisofthefin in blue-shark, Prionace Glauca, Linnaeus, 1758 (Carcharhiniformes: Elasmobranchii)
Palavras-chave em inglês
Cartilage
Fin
Flowcytometry
Shark
Tumor
Resumo em inglês
Sharks and rays belong to the Chondrichthyes Class, once they have cartilaginous skeleton. The blue shark (Prionaceglauca), popularly known as "blue-cation", among all shark species is the most abundant in the marine environment and can be found everywhere in the world. This study aimed to study the fin morphology in the blue shark (Prionaceglauca) and its effects on "in vitro" tumor cells. The results were obtained using light microscopy and flow cytometry. Using the gross morphology we confirm that the fins belonged to the blue shark (Prionaceglauca). The fin cartilage of the blue shark was formed of hyaline cartilage. It showed three distinct regions with chondrocytes inside, calcified cartilage in the periphery, and perichondrium with collagen type I, II and III in the margins. The results obtained from the Radial Element not showed functional changes as storage, transport and cellular supplies obtaining, they were feasible and satisfactory. The use of shark cartilage compound for the treatment of "in vitro" tumor cells suggested that it showed a significant anti-tumor activity. It showed a toxic effect on murine breast tumors (MBT) and canine breast tumor (CBT) at low concentrations, with no significant toxic effect on fibroblast cells using the same concentrations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.