• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2010.tde-08102012-175632
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Cintra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Sá, Lilian Rose Marques de (Presidente)
Franco, Maria Isete Fares
Hagiwara, Mitika Kuribayashi
Título em português
Estudo clínico, laboratorial e anatomopatológico dos órgãos linfohematopoiéticos na síndrome de emagrecimento progressivo dos calitriquídeos mantidos em cativeiro
Palavras-chave em português
Callithrix spp
Anemia hemolítica
Órgãos linfohematopoiéticos
Patologia
Síndrome de emagrecimento progressivo
Resumo em português
A síndrome de emagrecimento progressivo (SEP) é responsável por elevada morbidade e mortalidade de calitriquídeos mantidos em cativeiro em diferentes instituições. Essa síndrome representa um desafio aos médicos veterinários por suas características ainda pouco esclarecidas e são poucos os estudos multidisciplinares que visam à avaliação dos diferentes sistemas, como os órgãos linfo-hematopoiéticos. O objetivo foi caracterizar a evolução e duração da SEP, associando os dados clínicos, laboratoriais e anatomopatológicos dos órgãos linfo-hematopoiéticos de saguis naturalmente acometidos por SEP no cativeiro. Foram analisadas as fichas clínicas, necroscópicas e os resultados das amostras de sangue e urina de 47 saguis doentes, Callithrix spp., machos e fêmeas, que foram a óbito devido a SEP e eram provenientes de dois criadouros diferentes do estado de São Paulo. Os fragmentos dos órgãos linfo-hematopoiéticos, intestino delgado e do fígado foram processados e avaliados. Os resultados caracterizaram que a SEP acomete calitriquídeos de espécies diferentes, adultos, sem predisposição sexual, mantidos sob condições estáveis de manejo por em média 42 meses e a duração clínica varia de 41 dias a 1 ano e 7 meses. As características clínicas na fase inicial foram predominantemente sinais gastrintestinais e na fase terminal, sinais gastrintestinais e extra-intestinais. A anemia macrocítica normo ou hipocrômica com policromasia, esferocitose, presença de corpúsculos de Heinz e hemoglobinúria foi a alteração hematológica mais frequente. As lesões dos órgãos linfo-hematopoiéticos foram características de anemia hemolítica ou foram inespecíficas e reacionais caracterizadas por hiperplasia ou depleção das células da medula óssea, baço e linfonodo e lesões degenerativas no fígado. Na SEP, a associação clínica, laboratorial e anatomopatológica possibilitou a caracterização da evolução e duração clínica, da anemia e das alterações dos órgãos linfo-hematopoiéticos, cujas lesões foram consideradas secundárias à desnutrição crônica e progressiva decorrente da severa enterite atrófica.
Título em inglês
Clinical, laboratorial and pathological study of lymphohematopoietic organs in the wasting marmoset syndrome
Palavras-chave em inglês
Callithrix spp
Hemolytic anemia
Ineffective erythropoiesis
Lympho-hematopoietic organs
Wasting marmoset syndrome
Resumo em inglês
Wasting marmoset syndrome (WMS) causes high morbidity and mortality of marmosets and tamarins kept in captivity in different colonies. WMS challenges the veterinarian due to its unclear and not established features and there are few multidisciplinary studies that carried out an evaluation of different systems, such the lymphohematopoietic system. The aim was described the duration and evolution of illness based on an association of clinical, laboratory and pathological aspects of WMS. Medical record, laboratory data and pathological findings were analyzed of 47 Callithrix spp., males and females, sick marmosets that died due to WMS in two different colonies in São Paulo state. Tissue samples of small intestine, lymphohematopoietc system and liver were histological processed and evaluated. The results showed that WMS affects adult marmosets of different species; there are no sex-related differences, and the marmosets are at least 42 months under similar general management at colony. The clinical duration of WMS is from 41 days to 1 year and 7 months. The clinical features were gastrointestinal symptoms in the beginning and extra-gastrointestinal and gastrointestinal signs in the end. Normochromic or hypochromic macrocytic anemia with polychromasia, spherocytes, Heinz bodies, and hemoglobinuria is the common hematological result. The lymphohematopoietic system lesions were the common findings of hemolytic anemia or unspecific and reacting features such as hyperplasia or depletion of cell numbers of bone marrow, spleen and lymph node, and degenerative lesions of liver. The clinical, laboratory and pathological association allowed the characterization of evolution and duration of the WMS, the anemia and the lesions of lymphohematopoietic organs which lesions were considered secondary to chronic and progressive malnutrition as a result of severe atrophic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.