• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-18032008-160911
Documento
Autor
Nome completo
Sylvia de Almeida Diniz
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Maiorka, Paulo César (Presidente)
Dagli, Maria Lucia Zaidan
Machado, Gisele Fabrino
Título em português
Neoplasias intracranianas em cães: uma abordagem diagnóstica
Palavras-chave em português
Cães
Neoplasias intracranianas
Sistema nervoso central
Resumo em português
As enfermidades neurológicas, notadamente os tumores intracranianos, têm grande importância dentre os quadros mórbidos que acometem animais da espécie canina, principalmente em cães com mais de 5 anos de idade, com uma idade média de 9 anos. Os objetivos do presente estudo foram: avaliar os casos clínicos com suspeita de neoplasia, compilar os dados clínicos e exames complementares e relacioná-los com os achados anátomo-patológicos. Os tumores foram descritos quanto ao aspecto macro e microscópicos, elaborando-se o diagnóstico do neoplasma. Foram empregadas técnicas de imunoístoquímica para complementação das descrições de tais neoplasmas visando estabelecer comparação entre os aspectos morfológicos encontrados na espécie humana. Utilizou-se 14 cães com diagnósticos de tumores intracranianos, que foram avaliados através do exame físico geral e neurológico associado a exames de imagem (tomografia computadorizada, ressonância magnética, ecoencefalografia) e/ou eletrodiagóstico através de um eletroencéfalografo digital com mapeamento cerebral. A sintomatologia depende da localização do tumor, agressividade tumoral, tipo de formação e severidade da lesão associada. Subdividiram-se os cães em 4 grupos de acordo com a sintomatologia: grupo I (cães com alterações cerebrais); grupo II (cães com alterações cerebelares); grupo III (cães com alterações em tronco encefálico); grupo IV (cães com alteração mista). Os achados mais freqüentes nos animais acometidos foram: convulsões, alteração de comportamento, andar compulsivo, andar em círculos, progressão obstinada, déficits proprioceptivos e/ou motores e déficits vestibulares. A confirmação diagnóstica, caracterização histopatológica e classificação das neoplasias foram realizadas através de biopsia ou necropsia dos animais eutanasiados ou que vieram a óbito espontaneamente.
Título em inglês
Intracranial neoplasia in dogs: a diagnostic approach
Palavras-chave em inglês
Central Nervous System
Dogs
Intracranial Neoplasia
Resumo em inglês
Neurological disorders, namely intracranial tumors, have a great importance among morbid entities in dogs, manly in animals older then five years, with a mean of age ranging nine years old. The aim of this study was to evaluate clinical cases suspected of having neoplasia and to associate ancillary clinical exams with necropsy findings. Tumors were described macro and microscopically, and a histopathological diagnosis was determinated. Immunohistochemical methods were applied to ensure the diagnosis and to compare with morphological data available in human counterparts. A number of 14 dogs with intracranial tumor were used, from this cases compilation of general physical examination, neurological evaluation, and associated image diagnosis (computerized tomography, magnetic resonance and echoencephalography) and/or eletrodiagnois by means of a digital electroencephalographic mapping of brain. The symptoms depend on tumor localization, tumor behavior - aggressivety, type of tumor and severity of associated lesions. Four groups were subdivided according to the symptoms: group I (dogs with brain alterations); group II (dogs with cerebellar alterations); group III (dogs with brain steam alterations) and group IV (dogs with mixt alterations). The most frequent findings in diseased animals were seizures, behavior alterations, compulsive walking, circling, obstinate progression, propioceptive and/or motor deficit and vestibular deficit. The diagnosis confirmation, histopathological characterization and classification of neoplasias were made by biopsy or necropsy of euthanatized or naturally dead animals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Sylvia_A_Diniz.pdf (4.19 Mbytes)
Data de Publicação
2008-03-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.