• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-22032013-143636
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Tiemi Akamine
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Maiorka, Paulo César (Presidente)
Gomes, Cristina de Oliveira Massoco Salles
Lantzman, Mauro
Título em português
Relação entre gênero e perfil comportamental de cães e seu sistema imunológico
Palavras-chave em português
Cães
Comportamento
Hierarquia
Imunidade
Neuroimunomodulação
Resumo em português
Os comportamentos para formação da hierarquia surgem em cães domésticos (Canis familiaris) nas primeiras semanas de vida, na forma de posturas e brincadeiras. Estes comportamentos são a base para o aprendizado de atitudes que os adultos terão para afirmar sua posição no ranking hierárquico do grupo. Características individuais dos animais, como a personalidade, podem influenciar seu sistema imunológico, pela ação, em grande parte, de glicocorticóides. Outro hormônio bastante importante na relação entre Sistema Nervoso e Sistema Imune, é a testosterona, e por isso, o gênero também é uma importante peça neste conjunto. Pesquisas recentes mostram estes fatores no contexto neuroimune, utilizando para isso modelos animais, principalmente roedores. Porém raros estudos foram realizados utilizando cães domésticos. Para estudar os efeitos de características da personalidade e gênero sobre parâmetros imunológico de cães domésticos, utilizamos 30 cães beagle (15 machos e 15 fêmeas). O comportamento foi observado, por meio de análise animal-focal, e determinamos seu perfil em relação ao ranking hierárquico. Foram avaliados o cortisol, a testosterona, a contagem de leucócitos totais e diferenciais, a atividade de neutrófilos (burst oxidativo e fagocitose) e a fenotipagem de linfócitos, no momento basal, após o estímulo estressor de transporte, e 15 dias após uma alteração de agrupamento. Os resultados mostram que, sem estímulos estressores, o burst oxidativo de neutrófilos é maior em fêmeas. O estímulo estressor do transporte aumenta a atividade de neutrófilos, independente do gênero. Foi observado que, sem estímulos estressores, o perfil de dominância não influencia os parâmetros analisados, porém após o transporte e o reagrupamento, animais com atitudes dominantes tiveram maior porcentagem e intensidade de fagocitose dos neutrófilos. Portanto, nosso trabalho, sendo pioneiro no assunto, mostra que estímulos estressores, o gênero e a personalidade do animal podem influenciar parâmetros imunológicos. Novas pesquisas devem ser realizadas a fim de elucidar o (s) mecanismo (s) de ação que promove (m) estes resultados e demais aspectos envolvidos nesta relação.
Título em inglês
Relationship between gender and behavioral profile of dogs and their immune system
Palavras-chave em inglês
Behavior
Dogs
Hierarchy
Immunity
Neuroimmunomodulation
Resumo em inglês
Behaviors leading to the establishment of hierarchy appear in domestic dogs (Canis familiaris) in the first weeks of life, in the form of postures and games. These behaviors are the basis for learning attitudes displayed by adults that assert their position in the hierarchical ranking of the group. Individual characteristics of animals, such as personality may influence their immune system, mainly by the action of glucocorticoids. Another very important hormone in the relationship between nervous system and immune system, called neuroimmunomodulation, is testosterone, and therefore, the gender is also an important part in this set. Recent research shows these factors in the context neuroimmune, employing animal models, especially in rodents. Nonetheless, few studies have been conducted using domestic dogs. To study the effects of personality traits and gender on immune parameters of dogs, we used 30 beagles (15 males and 15 females). Behavior was observed, assessed and recorded, by animal-focal analyses, and the profile of each individual animal in its group, based on hierarchy ranking was described. We evaluated cortisol, testosterone, total leukocyte counts, and differential activity of neutrophils (oxidative burst and phagocytosis) and lymphocyte phenotyping. These parameters were assessed at baseline, after the stressor (stimulus of transportation), and 15 days after a change of the groups. Results show that without stressors, oxidative burst of neutrophils is higher in females. The stressor stimulus of transportation increases the activity of neutrophils regardless of gender. Without stressors, the profile of dominance does not influence the parameters measured, but after transport and reassembly, animals with dominant attitudes had the highest percentage and intensity of phagocytosis in neutrophils. Therefore, our work, being a pioneer in this subject, shows that depending on stressor stimuli, gender and personality of the animal influence immunological parameters. Further research should be conducted to elucidate the mechanism(s) of action that promotes these results and other aspects involved in this relationship.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.