• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-01072013-102513
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Souza Costa Barão de Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Dias, Ricardo Augusto (Presidente)
Amaku, Marcos
Klein-Gunnewiek, Mônica Fagundes de Carvalho
Título em português
Caracterização epidemiológica da brucelose e tuberculose bovinas na região de Campinas, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira, Mogi Mirim e São João da Boa Vista, Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Brucelose bovina
Estado de São Paulo
Prevalência
Tuberculose bovina
Resumo em português
Realizou-se um estudo para caracterizar a situação epidemiológica da brucelose e tuberculose bovinas na região de Campinas, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira, Mogi Mirim e São João da Boa Vista. Foram aleatoriamente amostradas 251 propriedades com criação de bovinos, sendo que nestas, eram sorteadas 40 ou 20 fêmeas acima de 24 meses para diagnóstico de tuberculose e 15 ou 10 fêmeas acima de 24 meses para diagnóstico sorológico de brucelose, dependendo do total de fêmeas existentes. O rebanho foi considerado positivo para brucelose quando havia pelo menos um animal com diagnóstico positivo. Para tuberculose, em propriedades com mais de 99 fêmeas acima de 24 meses, era necessário pelo menos dois animais positivos para a propriedade ser classificada como positiva, enquanto que em propriedades com até 99 fêmeas acima de 24 meses, um animal positivo classificava a propriedade como positiva. Foi aplicado questionário epidemiológico e com base nesse documento, foram feitas as análises univariada e regressão logística para identificar os fatores de risco associados à condição de foco e calculado o valor de odds ratio para quantificar o risco. A prevalência aparente de focos de brucelose foi 11,2% (IC95% = 7,8;15,8) e de tuberculose foi 14,1% (IC95% = 10,2%; 19%). A prevalência aparente de animais positivos para brucelose foi 2,5% (IC95% = 1,5%; 4,1%) e para tuberculose foi 2,7% (IC95% = 1,6;4,5%). Como fatores de risco associados à brucelose ter mais de 57 bovinos no rebanho, apresentou valor de OR = 4,2 (IC95% = 1,9; 9,5). Para tuberculose, exploração leite apresentou valor de OR = 2,6 (IC95% = 1,3; 5,3), ajustado por aquisição de bovinos, OR = 2,4 (IC95% = 1,2; 5,0). Os esforços para redução da prevalência de brucelose não surtiram efeito mesmo após 10 anos de aplicação de medidas de controle preconizadas pelo PNCEBT, sugerindo-se a sua reformulação na área de estudo.
Título em inglês
Epidemiological characterization of bovine brucellosis and tuberculosis in Campinas, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira, Mogi Mirim e São João da Boa Vista region, State of São Paulo, Brazil
Palavras-chave em inglês
Bovine brucellosis
Bovine tuberculosis
Prevalence
State of São Paulo
Resumo em inglês
A study was conducted to characterize the epidemiological situation of bovine brucellosis and tuberculosis in Campinas, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira, Mogi Mirim and São João da Boa Vista área, State of São Paulo. A total of 251 farms were randomly selected and in each of them 40 or 20 cows over 24 months were selected for tuberculosis diagnosis and 15 or 10 females over 24 months for brucellosis diagnosis depending on the existing total females. The herd was considered positive for brucellosis when there was at least one positive animal. For tuberculosis in herds above 99 females over 24 months at least two positive animals to classify the herd as positive. As long as in farms with up to 99 females over 24 months, a positive animal classified the property as positive. An epidemiological questionnaire was applied and based on this document, univariate and multivariate logistic regression were performed to identify risk factors associated with the diseases, based on odds ratio calculation. The apparent prevalence of brucellosis positive herds was 11.2% (95% CI = 7.8, 15.8) and tuberculosis positive herds was 14.1% (95% CI = 10.2%, 19%). The apparent prevalence of positive animals for brucellosis was 2.5% (95% CI = 1.5%, 4.1%) and tuberculosis was 2.7% (95% CI = 1.6, 4.5%). Having more than 57 cattle in the herd, with an OR = 4.2 (95% CI = 1.9, 9.5) was associated with brucellosis. Milk farm type with an OR = 2.6 (95% CI = 1.3, 5.3), and cattle purchase, with an OR = 2.4 (95% CI = 1.2, 5.0) were associated with tubercullosis. Efforts to reduce the prevalence of brucellosis do not reached the expected effects even after 10 years of implementation of control measures recommended by the PNCEBT. Therefore, the reformulation of the Program is recommended in the study area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.