• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.10.2016.tde-01092015-102858
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Pereira da Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Marcili, Arlei (Presidente)
Dias, Ricardo Augusto
Guerra, Rita de Maria Seabra Nogueira de Candanedo
Labruna, Marcelo Bahia
Pacheco, Richard de Campos
Título em português
Estudo epidemiológico e aspectos ecológicos da leishmaniose visceral canina no Estado do Maranhão
Palavras-chave em português
Leishmania
Trypanosoma
Animais domésticos
Animais silvestres
Filogenia
Resumo em português
As transformações demográficas, as mudanças globais no clima, somadas ao fato de que as pessoas vivem em extrema pobreza, sem saneamento básico e educação, criam condições para o constante surgimento de novas formas de expressão de doenças. Dentre os inúmeros parasitos de importância médica, destacam-se diferentes espécies dos gêneros Leishmania e Trypanosoma, protozoários agentes de um amplo espectro de doenças. O estudo realizado no Maranhão deve-se a sua localização entre as regiões Norte e Nordeste do Brasil, o que permite ter uma grande diversidade de ecossistemas, que aliados as interferências ambientais, a migração populacional desordenada, profundas alterações ecoepidemiológicas, modificam o nível de endemicidade das doenças tropicais. O presente estudo tem por objetivo principal conhecer a magnitude da infecção por leishmaniose canina no Estado do Maranhão e seus reservatórios silvestres, nos diferentes ecossistemas da região, além de conhecer a diversidade de parasitas do gênero Trypanosoma em animais silvestres, através do diagnóstico parasitológico (isolamento em hemocultura- BAB/LIT), sorológico (RIFI, DPP e ELISA) e diagnóstico molecular (SSUrDNA e gGAPDH). Um total de 160 amostras caninas foram coletadas em cada ecossistema, nos municípios de São Bento (Baixada Maranhense), Cururupu (Mangue), Caxias (Cocais), Açailândia (Amazônia), São Domingos (Cerrado) e Barreirinhas (Restinga). Para captura de pequenos mamíferos silvestres foram utilizadas armadilhas do tipo gaiolas (Shermman e Tomahawk) e redes de neblina para a captura de morcegos. Um total de 7/960 (0,73%) amostras foram positivas para Leishmania infantum chagasi através do isolamento e dois isolados criopreservados. Dos ensaios sorológicos, 148/960 (15,4%), 126/ 960 (13,1%) e 568/960 (59,1%) foram positivas para DPP, RIFI e ELISA. Foram obtidas amostras de 133 animais silvestres das ordens Chiroptera, Rodentia, Didelphimorphia e Carnivora distribuídas em 34 espécies. As hemoculturas destes animais resultaram em onze amostras positivas e nove isolados criopreservados provenientes de morcegos e marsupiais. A análise filogenética baseada do gene SSUrDNA segregaram os isolados obtidos dos animais silvestres nas espécies Trypanosoma cruzi marinkellei (dois isolados) e Trypanosoma cruzi (sete isolados)
Título em inglês
Epidemiological study and ecological aspects of canine visceral leishmaniasis in the Maranhão State
Palavras-chave em inglês
Leishmania
Trypanosoma
Domestic animals
Phylogeny
Wild Animals
Resumo em inglês
Demographic transformations and global climate change, added to people living in extreme poverty and without public politics are factors that create conditions for the for the constant emergence of new forms of disease expression. Among the main medical importance parasites, we highlight different species of Leishmania and Trypanosoma genres, protozoa agent of a broad spectrum of diseases. This study was performed in Maranhão, due to its location between the North and Northeast regions, Brazil, where is a great diversity of ecosystems, environmental interference and disordered population migration with eco-epidemiological change to level of endemicity of tropical diseases. The main objective of the study is to know the magnitude of the exposure dogs for Leishmania infantum chagasi from Maranhão State and their wild reservoirs from different ecosystems, besides to know the diversity of Trypanosoma parasites in wild animals by parasitological (isolation in hemoculture BAB/LIT), serological (IFI, DPP and ELISA), molecular diagnosis (SSU rDNA e gGAPDH). A total of 160 samples were collected for each ecosystemin the counties of São Bento (Baixada Maranhense), Cururupu (Mangue), Caxias (Cocais), Açailândia (Amazônia), São Domingo (Cerrado) and Barreirinhas (Restinga).To capture small mammals type cages traps were used (Shermman and Tomahawk) and mist nets to catch bats. A total of 7/960 (0.73%) samples were positives for L. infantum chagasi by culture and two cryopreserved isolated. Of the serological assays, 148/960 (15.4%), 126/960 (13.1%) and 568/960 (59.1%) were positives for DPP, IFI and ELISA. Samples were obtained from 133 wild animals of Chiroptera, Rodentia, Carnívora, Didelphimorphia orders distributed in 34 species. Blood cultures of these animals resulted in eleven positive samples and nine cryopreserved isolates from bats and marsupials. Phylogenetic analysis based on SSU rDNA gene segregated isolates from wild animals obtained in Trypanosoma cruzi marinkellei (two isolates) and Trypanosoma cruzi (seven isolates)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2020-03-09
Data de Publicação
2016-04-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.