• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2010.tde-06012012-105707
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Pinheiro da Franca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Benites, Nilson Roberti (Presidente)
Pinheiro, Sonia Regina
Roxo, Eliana
Título em português
Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo
Palavras-chave em português
Mycobacterium bovis
Caprinos
Glândula mamária
Tuberculose
Zoonose
Resumo em português
Até recentemente acreditava-se que a tuberculose em caprinos fosse uma enfermidade rara, o que levou ao errôneo conceito de que esses animais fossem resistentes ao Mycobacterium bovis. Este trabalho tem por objetivo verificar se houve processo inflamatório da glândula mamária devido a agentes de mastite ou à presença de Mycobacterium, comparar a frequência de isolamento pelo teste de Zielh-Neelsen nas amostras de leite e dos fragmentos de glândula mamária de caprinos tuberculina positivo e verificar lesões encontradas na glândula mamária com frequência semelhante aos isolados pelo teste de Zielh-Neelsen em caprinos tuberculina positivo. Os animais deste experimento foram provenientes de um surto de tuberculose em caprinos ocorrido numa propriedade localizada em Bueno Brandão (Minas Gerais), totalizando 68 animais. Os resultados encontrados foram obtidos através da análise dos testes de Tamis e California Mastitis Test em relação ao exame microbiológico tanto da glândula mamária quanto do leite. Através do isolamento bacteriológico obteve-se 64 (98,46%) amostras para Staphylococcus ssp e apenas 1 (1,54%) para Corynebacterium ssp. Na glândula mamária, dos seis isolamentos obtidos todos eram Staphylococcus ssp. Com os resultados apresentados pelo isolamento microbiológico da glândula mamária concluiu-se que independente da espécie, o Staphylococcus ssp é o agente de maior frequência entre os isolados sendo o maior responsável pela mastite intramamária em caprinos. Das 116 amostras de leite semeadas nos tubos de Stonebrink e Löwenstein-Jensem, foram isolados 5 (4,31%) de amostras de leite positivas ao teste de Zielh-Neelsen. Dos 60 fragmentos de glândula mamária semeados nos meios de Stonebrink e Löwenstein-Jensem, isolou-se apenas um tubo no meio de Stonebrink, perfazendo um frequência de 1 (1,66%) amostra de glândula mamária, o que é um indicativo que seja M. bovis, pois o meio de Stonebrink é um meio de eleição para o seu crescimento, utilizado para isolar o M. bovis. Estes fragmentos de glândula mamária que foram submetidos à análise histopatológica pelas colorações de hematoxilina-eusina e Zielh-Neelsen, apresentaram lesões na glândula mamária de cabras tuberculina positivo, 7 (11, 66%) de achados de lesões causadas por M. bovis na glândula mamária, e 18 (30,00%) processos de reparo. Pela análise histológica dos fragmentos de glândula mamária todos apresentaram processo inflamatório na região intersticial da glândula, sendo um indício de mastite crônica. Concluiu-se que: o processo inflamatório da glândula mamária não estava associado à presença de Staphylococcus ssp, mas ao estágio de secagem dos animais, pelo resultados do teste de Zielh-Neelsen no leite e nos fragmentos de glândula mamária positivos, pode-se utilizar qualquer um dos métodos para verificar a frequência de isolamento de microrganismos em animais tuberculina positivo, a frequência de processo granulomatoso nas glândulas mamárias dos animais estudados foi semelhante estatisticamente, tanto a frequência do testes de Zielh-Neelsen no leite, quanto nos fragmentos de glândula, porém quando se considerou a frequência do processo de reparo comparada com a frequência do teste de Zielh-Neelsen no leite e no fragmento da glândula houve diferença significante, portanto a frequência de processo na glândula mamária de animais tuberculina positivo é superior a frequência do teste de Zielh-Neelsen no leite e na glândula mamária.
Título em inglês
Microbiological and hystophatlogical study on mammary gland of tuberculin text in goats
Palavras-chave em inglês
Mycobacterium bovis
Caprine
Mammary gland
Tuberculosis
Zoonosis
Resumo em inglês
Until recently it was believed that caprine tuberculosis was a rare infirmity leading to the wrong agreement that these animals were resistant to Mycobacterium bovis. This study aims to: verify if there was inflammatory process of the mammary gland caused by mastitis agents or the presence of Mycobacterium; compare the frequency of isolation by the Zielh-Neelsen's test in the milk samples and fragments of caprine mammary gland tuberculin positive, verify if the lesions found in the mammary gland present similar frequency to the ones isolated by the Zielh-Neelsen´s test in tuberculin positive caprine. The animals used in this experiment came from an outbreak of tuberculosis in caprine that occurred in a property located at the city of Bueno Brandão (Minas Gerais), totalizing 68 animals affected. The results were obtained through the analysis of the Tamis and California Mastitis Tests in relation to the microbiologic exam of, both, mammary gland and milk. By the bacteriological isolation it was obtained 64 (98,46%) samples for Staphylococcus ssp and only 1 (1,54%) for Corynebacterium sp. Of the 64 (98,46%) identified milk samples, from the genus Staphylococcus ssp.. In the mammary gland, of the 6 isolations obtained all were Staphylococcus ssp.. With the results shown by the microbiological isolation of the mammary gland, it is possible to conclude that, independently of the species, the Staphylococcus ssp is the agent of greater frequency among those which were isolated, being the major responsible for the caprine intramammary mastitis. Of the 116 milk samples cultured in the Stonebrink and Löwenstein-Jensem tubes, were isolated 5 (4,31%) milk Zielh-Neelsen positive samples. Of 60 mammary gland fragmentes cultured, in total, in the Stonebrink and Löwenstein-Jensem media, it was isolated only 1 tube in the Stonebrink medium, accomplishing a frequency of 1 (1,66%) samples of mammary gland, which indicates that it was M. bovis. This conclusion was possible because the Stonebrink medium is a way of selection to its growth, used to isolate the M. bovis. Of the 60 mammary gland fragments which were submitted to the histopathological analysis by the coloration of hematoyilin-eosin and Zielh-Neelsen and that showed mammary gland lesions of caprine tuberculin positive, 7 (11,66%) of the lesions were caused by M. bovis in the mammary gland, and 18 (30,00%) underwent repair process. By the histological analysis of the 60 mammary gland fragments, all presented inflammatory process in the interstitial region of the gland, which indicates cronic mastitis. Of 30 lung fragments, in total, sent to the histopathological diagnostic, it were submitted to hematoxylin-eosin (HE) and Zielh-Neelsen (ZN) colorations, 4 (13,33%) lesions typical tuberculosis lesions. From the results shown above, it is possible to conclude that: the inflammatory process of the mammary gland was not associated to the presence of Staphylococcus ssp (predominant microorganism of the positive culture) but in fact to the drying stage of the animals; from the results of the ZN test in the milk and positive mammary gland fragments, it is possible to use any of the methods to verify the isolation frequency of microorganism turberculin positive animals; the frequency of granulomatosus process in the mammary gland of the studied animals were statistically similar, in ZN tests frenquency in milk as much as the ZN tests' in the gland fragments, however when considering the frequency of repair with the frequency of the ZN tests in the milk and in the gland fragments there was significant differences, and so, the process frequency in the mammary gland of tuberculin positive animals is greater than the frequency of the ZN tests in the milk and in the mammary gland.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.