• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2016.tde-25052016-140302
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo Delfino Calomeni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2016
Orientador
Banca examinadora
Rennó, Francisco Palma (Presidente)
Gandra, Jefferson Rodrigues
Madureira, Ed Hoffmann
Santos, Anselmo Domingos Ferreira
Santos, Marcos Veiga dos
Título em português
Avaliação comparativa da suplementação de ácidos graxos saturados e insaturados sobre o desempenho produtivo, qualidade oocitária e embrionária, e metabolismo de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação
Palavras-chave em português
Desempenho reprodutivo
Gordura
Grão de soja
n-6
Produção de leite
Resumo em português
Objetivou-se avaliar a suplementação dietética de ácidos graxos saturados e insaturados sobre o metabolismo, e desempenhos produtivo e reprodutivo no período de transição e início de lactação de vacas leiteiras. Foram utilizadas 36 vacas da raça holandesa distribuídas aleatoriamente para receber uma das três dietas experimentais. No período pré-parto as dietas foram: Controle (CON), sem adição de gordura e 2,8% de extrato etéreo baseado na matéria seca; Gordura Saturada (SAT), com inclusão de 2,4% de MAGNAPAC® (Tectron Ltda.) com 4,7% de EE baseado na MS; Gordura Insaturada (INS), com inclusão de 11% de grão de Soja, com 4,7% de EE baseado na MS. No período pós-parto, Controle (CON), sem adição de gordura e com 2,8% de EE baseado na MS; Gordura Saturada (SAT), com inclusão de 2,6% de MAGNAPAC® (Tectron Ltda.) com 5,0% de EE baseado na MS; Gordura Insaturada (INS), com inclusão de 13% de Grão de Soja, com 5% de EE baseado na MS. As dietas foram fornecidas 35 dias da data prevista do parto até 90 dias de lactação. No período pré-parto foi utilizada silagem de milho como volumoso, em uma relação volumoso:concentrado de 70:30, enquanto que no período pós-parto foram utilizados 5% de feno de tifton e 45% de silagem de milho como fontes de volumoso, com uma relação entre volumoso:concentrado de 50:50. A produção de leite foi mensurada diariamente durante todo o período experimental. As amostras utilizadas para análise da composição e o perfil de ácidos graxos do leite foram coletadas semanalmente, sendo provenientes das duas ordenhas diárias. As amostras de sangue para análise dos metabólitos sanguíneos foram coletadas semanalmente. Do dia 14 ao dia 90 pós-parto foi realizado avaliação da dinâmica folicular por ultrassonografia. Nos dias 30, 60 e 90 foram realizadas aspirações foliculares, com posterior fertilização in vitro dos oócitos. Todas as variáveis mensuradas foram avaliadas pelo procedimento PROC MIXED do SAS (2004) utilizando-se os seguintes contrastes ortogonais: Controle vs Fontes de Lipídeo (C1); Fonte de ácidos graxos saturados x Fonte de ácidos graxos insaturados (C2). Foi utilizado nível de 5% de significância. No período pós-parto, a suplementação de lipídeos aumentou as concentrações de AGNE quando comparada a dieta CON. O tratamento INS reduziu as concentrações de proteínas totais e de BHB quando comparado ao SAT. Houve interação entre tempo e dieta paras as variáveis colesterol total, LDL e BHB. Houve redução da produção de leite corrigida para 3,5% de gordura, na produção total de gordura e de proteína, e no teor de gordura do leite quando comparado o tratamento INS com o SAT. A suplementação de lipídeo reduziu as concentrações do somatório dos ácidos graxos saturados (Σ A.G. Saturados), dos ácidos graxos com menos de 16 carbonos (>C16), e da relação entre ácidos graxos saturados com insaturados (Σ SFA/(MUFA+PUFA)); e aumentou as concentrações de ácidos graxos acima de 16 carbonos (>C16), de ácidos graxos insaturados com 18 carbonos, da somatória dos ácidos graxos insaturados e dos ácidos graxos poli-insaturados (Σ A.G. Poli-insaturados). O tratamento INS aumentou a concentração de ácidos graxos poli-insaturados totais (Σ A.G. poli-insaturados), e reduziu o total de ácidos graxos de 16 carbonos (C16) em relação ao tratamento SAT. Houve redução no número de folículos classe 1, e folículos totais (NC1 e NTFol) com suplementação de lipídeo. O tratamento SAT aumentou o número de folículos classe 5 (NC5), em relação ao INS. Não houve alteração na qualidade oocitária e embrionária com a suplementação de lipídeo e entre as duas fontes de lipídeo. A suplementação de lipídeos insaturados através da suplementação via grão de soja cru e integral, quando comparada à suplementação de lipídeos saturados, para vacas no período de transição e início de lactação, não interferiu na dinâmica folicular e qualidade oocitária e embrionária; e reduziu o desempenho produtivo, devido às reduções na produção de gordura do leite a na produção de leite corrigida para 3,5% dos animais suplementados
Título em inglês
Comparative evaluation of saturated and unsaturated fatty acids on productive performance, embryo and oocyte quality, and blood profile of dairy cows throughout the transition period and early lactation
Palavras-chave em inglês
Fat
Milk yeld
n-6
Reproductive performance
Soybean
Resumo em inglês
The aim of the current experiment was to evaluate the saturated and unsaturated fatty acid supplementation effects on metabolism, productive and reproductive performance during the transition period and early lactation of dairy cows. Thirty-six Holstein cows were randomly distributed to one of three experimental treatments. Throughout the pre-partum period cows received: Control (CON), no fat supplement with 2.8% of ether extract (EE) on DM basis; Saturated fat (SAT) MAGNAPAC® (Tectron Ltda.), addition of 2.4% of MAGNAPAC and 4.7% of EE on DM basis; Unsaturated fat (UNS) Whole soybeans, addition of 11% of whole raw soybeans and 4.7% of EE in DM basis. In post-partum period the diets follows: Control (CON), no fat supplementation with 2.8% of ether extract (EE) in DM basis; Saturated fat (SAT) MAGNAPAC ® (Tectron Ltda.), addition of 2.6% of MAGNAPAC and 5.0% of EE in DM basis; Unsaturated fat (UNS) Whole soybeans, addition of 13% of whole raw soybeans and 5.0% of EE in DM Basis. The treatments were supplied from day 35 of expect calving date until 90 days in milk. During the pre-partum period, diet forage to concentrate ratio was 70:30, in which corn silage was used as the forage source. During the post-partum period, diet forage to concentrate ratio was 50:50, in which Tifton hay (5%) and corn silage (45%) were used as forage sources. The milk yield was daily measured during all experimental period. The samples used for milk composition and milk fatty acid profile were collected once a week, milk from the morning and evening milking being mixed proportionally to the milk yield. Blood samples for metabolites analysis were collected weekly before the morning feeding. Follicular dynamic was monitored by trans ´rectal ultrasonography form 14 until 90 days in milk. Ovum pick-up and in vitro fertilization were performed on days 30, 60, 90 post-partum. Data were analyzed using the PROC MIXED procedure of SAS (2004). Differences among treatments were evaluated by orthogonal contrasts as follows: Control vs Fat sources (C1), and Saturated fatty acid source vs Unsaturated fatty acid source (C2). Significance level was set at 5%. In postpartum, fat supplementation increased NEFA concentrations when compared to control diet. The UNS treatment reduced total protein concentration in blood compared to SAT. Diet*time interaction effect was observed in total cholesterol, LDL and BHB. The UNS decreased fat corrected milk, fat content, milk protein and fat yield compared to SAT. Fat supplementation decreased Σ Saturated F.A, fatty acids lower than 16 C and the relationship between saturated and unsaturated fatty acids, and increased the concentration of fatty acids higher than 16 C, unsaturated fatty acids with 18 C, and Σ PUFA. UNS increased Σ PUFA and decreased fatty acids with 16 C, when compared to SAT. Fat supplementation decreased class 1 follicle and total follicles. Treatments did not affect embryo and oocyte quality. Supplementation of unsaturated fat, through supplementation of whole raw soybean for cows in the transition period and early lactation did not affect the reproductive performance (follicular dynamics and oocyte and embryo quality) and reduced the productive performance due to decrease of milk fat production and fat corrected milk for 3.5% of the supplemented animals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.