• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2007.tde-28092007-163234
Documento
Autor
Nome completo
Helena Arantes do Amaral
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Larsson, Maria Helena Matiko Akao (Presidente)
Cortez, Adriana
Ferreira, Wagner Luis
Lucas, Silvia Regina Ricci
Reche Junior, Archivaldo
Título em português
Detecção do vírus da cinomose pela técnica de RT-PCR em cães com sintomatologia neurológica
Palavras-chave em português
Amostras biológicas
Cães
Cinomose canina
PCR
Urina
Resumo em português
Diferentes amostras biológicas foram avaliadas (zaragatoa ocular, genital, urina e células mononucleares do sangue periférico) pela RT-PCR em 50 cães com sintomas neurológicos compatíveis como cinomose, na presença ou não de outros sintomas sistêmicos. O gene da nucleoproteína do vírus da cinomose foi detectado em 43 das 50 amostras avaliadas. Considerando apenas os animais com resultado positivos pela hemi-nested - PCR, os sintomas neurológicos observados com freqüência maior que 50%, foram mioclonia e alteração locomotora (maioria dos cães evoluiu a tetraparesia); convulsão e vocalização foram observados em 32% dos casos Outros sintomas sistêmicos, sintomas oculares, respiratórios ou digestivos, prévios ou associados aos sintomas neurológicos, foram observados em 82% dos cães. Também observou-se hiperqueratose nasal ou de coxins em 44% dos casos. Somente 20% dos animais positivos haviam sido vacinados contra o vírus da cinomose. Zaragatoas genitais forneceram maior número de resultados positivos (40), seguidos por zaragatoas oculares e urina (37) e células mononucleares do sangue periférico (34). A coleta associada de duas amostras biológicas (zaragatoa genital e urina) por animal aumentou a possibilidade de detecção de animais positivos, principalmente nos casos de cães suspeitos que não apresentaram sintomas respiratórios, gastrintestinais e oculares, assim como nos animais vacinados e cronicamente infectados ou convalescentes.
Título em inglês
Detection of canine distemper virus by RT- PCR from dogs with neurological signs
Palavras-chave em inglês
Canine distemper
Clinical samples
Dogs
PCR
Urine
Resumo em inglês
Using Reverse transcription-PCR assay, different biological samples were avaliabled (conjunctival and genital swabs, urine and peripheral blood mononuclear cells) from dogs with or with no extraneural signs prior to or accompanying the neurologic signs. Canine distemper nucleoprotein were detected in 43 from 50 dogs availabled by hemi-nested-PCR. Considering just dogs with distemper confirmed by hemi-nested PCR, gait abnormalities (most commonly tetraparesis) and myoclonus were the neurological signs observed in over 50%; vocalizing and seizures occurred in 32%. Other systemic signs (respiratory, gastroenteric or ocular signs). preceding or associated to neurological signs, occurred in 82% of dogs Hyperkeratosis of the footpads or nose were observed in 44 % of the cases. Only (20%) were vaccinated against canine distemper. A greater number of positive results were obtained from genital swabs (40), followed by conjuctival swabs and urine (37) and PBMCs (33). Sensitivity of detection positive results were increased by using two clinical samples association (genital swab and urine), specially in dogs that had not shown extra neural signs, vaccinate dogs or during the convalescent and late stage of canine distemper.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.