• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2001.tde-29072009-090127
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Balda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Larsson, Carlos Eduardo (Presidente)
Gambale, Valderez
Lucas, Silvia Regina Ricci
Título em português
Estudo retrospectivo de casuística, comparativo de metodologia diagnóstica e de avaliação de eficácia da griseofulvina e da terbinafina na terapia das dermatofitoses em cães e gatos
Palavras-chave em português
Cães
Dennatofitose animal
Gatos
Griseofulvina
Histopatologia
Terbinafina
Resumo em português
As dermatofitoses dos carnívoros domésticos são infecções fúngicas superficiais, causadas habitualmente por dois gêneros fúngicos: Microsporum sp e Trichophyton sp. Trata-se de uma antropozoonose, com importância na saúde pública Objetivou-se: caracterizar a população de cães e gatos acometidos por dermatofitose atendidos no Serviço de Dermatologia do HOVET /USP num período de 27 meses; determinar a valia do exame histopatológico como metodologia diagnóstica; e comparar a eficácia da griseofulvina e da terbinafina na terapia das dermatofitoses. Foram atendidos 76 animais com diagnóstico de dermatofitose, 47,3% pertenciam à espécie fetina e 52,7% à canina O agente etiológico isolado com maior freqüência em caninos e felinos foi Microsporum canis. Não se observou distribuição sazonal. Os cães de raça definida foram os mais acometidos (75,0%), dentre estes, aqueles da raça Yorkshire Temer (23,3%). Os felinos com e sem definição racial igualmente acometidos, porém os Persas (93,7%) foram os mais acometidos dentre aqueles com plena definição. Observou-se que a maioria dos animais infectados apresentava menos de um ano de idade (65,8%). As lesões mais observadas foram: alopecia, eritema, escamas e crostas. A maioria das lesões apresentava configuração circular e estavam localizadas nas regiões cefálicas, de tronco e de membros. O prurido esteve ausente em 50,0% dos caninos e em 88,8% dos felinos. As lesões dos cães tinham caráter mais inflamatório. O exame histopatológico mostrou-se pouco sensível (28,6%) e com alto número de falsos negativos (71,4%). A griseofulvina (5Omg/kg/dia) foi eficaz em l00,0% dos casos, sem acarretar efeitos colaterais, com média de tempo para cura de 41 dias. Já a terbinafina na dose de cinco mg/kg/dia, apresentou eficácia de 81,8%, sem induzir efeitos colaterais e com êxito terapêutico em 21 dias. Demonstrou-se assim, que a dose de 20 mg/kg/dia demonstrou a mesma eficácia que a dose de cinco, porém, com efeitos colaterais em 16,6% dos animais tratados, com tempo médio para cura de 33 dias. Demonstrou-se que a terbinafina é uma boa alternativa terapêutica, porém, a griseofulvina ainda se constitui na droga de eleição para o tratamento das dermatofitoses de caninos e felinos.
Título em inglês
Retrospective survey, comparative diagnostic methodology and efficacy study of griseofulvin and terbinafine in the therapy of dermatophytosis in dogs and cats
Palavras-chave em inglês
Animal dermatophytosis
Cats
Dogs
Griseofulvin
Histopathology
Terbinafine
Resumo em inglês
Dermatophytosis in domestic carnivorous are superficial infections caused mainly by two genus of fungus: Microsporum sp and Trichophyton sp. This disease is an anthropozoonosis important for public health. The goals of this study were: characterize the population of cats and dogs with dermatophytosis treated in the Dermatology Service of HOVET FMVZ/USP in a period of 27 months; evaluate the validity of the histopathological exam as a methodology of diagnosis; and compare the efficacy of griseofulvin and terbinafine in the therapy of the dermatophytosis. Seventy six animals (47,3% were felines and 52,7% were canines) were evaluated in this study. The more frequent isolated etiological agent in canines and felines was Microsporum canis. Seasonality was not observed. The dogs with a defined breed were more predisposed (75,0%) and the Yorkshire Terrier dogs had a higher proportion of positive cultures (23,3%). The felines with or without breed definition got the same frequency, however, the Persians (93,7%) were more predisposed among those of pure breed. It was noticed that the majority of infected animals were under one year of age (65,8%). The most observed lesions were: alopecia, crusts, erythema and scales. The majority of the lesions had a circular form and were found in the cephalic, trunk and limb regions. There was no pruritus in 50,0% of the canines and 88,8% of the felines. The lesions were more inflammatory in dogs. The histopathological exam had a low sensitivity (28,6%) and a high number of false negatives (71,4%).Griseofulvin (50 mg/kg/day) was effective in 100,0% of the cases, with no side effects, the average time for cure was 41 days. The terbinafine used at the dosage of 5 mg/kg/day showed an efficacy of 81,3%, no side effects were observed as well and average time for cure was 21 days. The same efficacy using the dosage of 20 mg/kg/day of terbinafine was observed, although side effects were observed in 16,6% of the animals treated with an average time for cure of 33 days. The present study demonstrated that terbinafine is a good therapeutical alternative, although griseofulvin is still the first choice drug for the treatment of dermatophytosis in dogs and cats.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.