• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2013.tde-10122013-162942
Documento
Autor
Nome completo
Márcio Poletto Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ferrigno, Cassio Ricardo Auada (Presidente)
Alievi, Marcelo Meller
Matera, Julia Maria
Nina, Marcos Ishimoto Della
Yamauchi, Kelly Cristiane Ito
Título em português
Comparação das técnicas de osteotomia para avanço da tuberosidade tibial (TTA) e nivelamento do platô tibial (TPLO) para correção de ruptura do ligamento cruzado cranial em cães com o sistema de baropodometria
Palavras-chave em português
Canino
Cinética
Ortopedia
Osteotomia
Resumo em português
A ruptura do ligamento cruzado cranial (RLCCr) é a principal causa de claudicação em cães, podendo ocorrer devido à causas traumáticas ou degenerativas. Apesar da ampla variedade de técnicas cirúrgicas disponíveis, o tratamento ideal para esta condição ortopédica permanece indeterminado. Nas últimas décadas, foram desenvolvidas técnicas que evitam a movimentação anormal do joelho por conseguir estabilidade dinâmica através da alteração da geometria óssea e, dentre elas, destacam-se as técnicas de osteotomia para nivelamento do platô tibial (TPLO) e a osteotomia para avanço da tuberosidade tibial (TTA). São poucos os estudos clínicos que avaliam o joelho e sua funcionalidade após as cirurgias de TPLO e TTA. O apoio precoce do membro no pós-operatório é uma das principais vantagens da TPLO e TTA, e este apoio pode ser avaliado de forma subjetiva (tabela com graus de claudicação), mas a análise cinética do movimento em plataforma de pressão destaca-se por proporcionar mensuração objetiva do uso do membro durante a deambulação. O objetivo deste trabalho é comparar as técnicas de osteotomia para avanço da tuberosidade tibial (TTA) e osteotomia para nivelamento do platô tibial (TPLO) na estabilização de joelhos de cães com ruptura de ligamento cruzado cranial, por avaliação subjetiva e objetiva através da análise em plataforma de pressão (baropodometria). Foram avaliados 27 cães adultos acima de 20 quilos e com RLCCr unilateral, submetidos aos procedimentos de TTA (12 cães) ou TPLO (15 cães). Estes pacientes foram avaliados no período pré-operatório e aos 14, 30, 60 e 90 dias de pós-operatório com tabela de graduação da claudicação (dois Médicos Veterinários), escala de análise visual (deambulação pelo proprietário), exames radiográficos mensais (consolidação da osteotomia), tabela de graduação da recuperação do uso do membro (proprietário) e apoio em plataforma de pressão (baropodometria). Os animais foram separados nos grupos de acordo com a angulação do platô tibial (APT) e, baseado na recomendação clínica, foi utilizado TPLO para qualquer APT e TTA para APT de até 27°. Em ambos os grupos foi observada recuperação funcional do membro operado estatisticamente significativa, tanto nas avaliações subjetivas, como na avaliação objetiva em plataforma de pressão. Em decorrência da recomendação clínica para TTA, houve diferença significativa entre os grupos com relação ao ângulo do platô tibial (28,13° para TPLO e 22,33° para TTA), porém este foi corrigido com o teste de covariância. Não houve diferença entre os grupos na recuperação do apoio do membro com RLCCr, tanto na avaliação subjetiva como na avaliação objetiva em plataforma de pressão. Concluise que os procedimentos cirúrgicos de TPLO e TTA foram eficientes em promover melhora do apoio em cães com ruptura do ligamento cruzado cranial unilateral.
Título em inglês
Comparison of techniques for osteotomy tibial tuberosity advancement (TTA) and leveling tibial plateau osteotomy (TPLO) to cranial cruciate ligament deficience in dogs through kinetic analysis
Palavras-chave em inglês
Canine
Kinetic
Orthopaedic
Osteotomy
Resumo em inglês
Cranial cruciate ligament rupture is the major cause of lameness in dogs and can occur due to degenerative or traumatic causes. Despite the wide variety of surgical techniques available, the ideal treatment for this orthopedic condition remains undetermined. Currently techniques have been developed to prevent abnormal movement of the stifle. Dynamic stability is achieved by changing the bone geometry by techniques like tibial plateau leveling osteotomy (TPLO) and osteotomy to tibial tuberosity advancement (TTA). One of the main advantages of TPLO and TTA is the early weight-bearing in postoperative period, which can be evaluated subjectively. But the locomotion kinetic analysis in pressure platform is a more objective measurement in the use of the limb during walking. The objective of this study is to compare the techniques of tibial tuberosity advancement (TTA) and tibial plateau leveling osteotomy (TPLO) in stabilizing dogs stifles with cranial cruciate ligament deficiency in one limb. Evaluation will be done with subjective and objective assessment via analysis in pressure platform (baropodometry). We evaluated 27 adult dogs over 20 Kg with unilateral or bilateral cranial cruciate ligament rupture. They were underwent to TTA (12 dogs) and TPLO (15 dogs). These patients were evaluated in the preoperative period and at 14, 30, 60 and 90 days postoperatively focus on claudication (two veterinarians - grade scale), visual analysis scale (weightbearing - owner), radiographs (osteotomy healing), recovery degree of the function (owner) and on pressure platform (baropodometry). We evaluated 27 adult dogs with 20 kilos at least and unilateral cranial cruciate ligament deficience. They were subjected to procedures TTA (12 dogs) or TPLO (15 dogs). These patients were evaluated in the preoperative period and at 14, 30, 60 and 90 days after surgery, with postoperative lameness grading system (two veterinarians), scale of visual analysis (owner), radiographic exam (osteotomy healing), recovery grading system (owner) and pressure platform (baropodometry). The animals were divided into groups according to the the tibial plateau angle (TPA) and based on clinical recommendation we used TPLO in all patients and TTA in those patients that had TPA less than 27°. In both groups we observed statistically significant recovery, both in subjective evaluations and objective assessment. Due to the clinical recommendation for TTA, there was significant difference among groups in respect to the tibial plateau slope (28.13 for TPLO and 22.33 for TTA), but It was corrected with the covariance test. There was no difference between groups in recovery of the surgery. We conclude that TPLO and TTA were effective in promoting improved support in dogs with cranial cruciate ligament deficience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-08-27
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • DAL-BO, I. S., et al. Infecção óssea após osteotomia para tratamento da ruptura de ligamento cruzado em cães. Acta Scientiae Veterinariae , 2013, vol. 41, p. 1148.
  • FERRAZ, Vanessa Couto de Magalhães, et al. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DA TÉCNICA DE TPLO (TIBIAL PLATO LEVELLING OSTEOTOMY) PARA O TRATAMENTO DE LESÕES DO LIGAMNETO CRUZADO CRANIAL. MEDVEP. Revista Científica de Medicina Veterinária. Pequenos Animais e Animais de Estimação, 2010, vol. 8, p. 133-139.
  • SANTOS, JAQUELINE FRANÇA DOS, et al. Fratura proximal de tíbia após cirurgia extracapsular para correção de ruptura de ligamento cruzado cranial em cão [doi:10.1590/S0103-84782013005000001]. Ciência Rural (UFSM. Impresso) [online], 2013, vol. 43, p. CR-6130.
  • FERREIRA, M.P., et al. Comparativre kinetic analysis of tibial tuberosity advancement (TTA) and Leveling tibial plateau osteotomy (TPLO) for the tratament of cranial cruciate ligament deficient in dogs- preliminary results. In 39th Annual Conference Veterinary Orthopedic Society, Colorado, 2012. 39th Annual Conference Veterinary Orthopedic Society., 2012. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.