• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2014.tde-11092014-144438
Documento
Autor
Nome completo
Karen Maciel Zardo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Ana Carolina Brandão de Campos Fonseca (Presidente)
Lorigados, Carla Aparecida Batista
Mamprim, Maria Jaqueline
Título em português
Caracterização tomográfica e ultrassonográfica do sarcoma de aplicação em felinos
Palavras-chave em português
Neoplasia felina
Sarcoma de aplicação felino
Sarcoma vacinal felino
Tomografia computadorizada
Ultrassonografia
Resumo em português
O sarcoma de aplicação em felinos (SAF) é uma neoplasia rara de origem mesenquimal e com prognóstico desfavorável que se desenvolve em local previamente utilizado para aplicações de medicamentos injetáveis ou submetido a traumas. Poucos estudos foram encontrados na literatura descrevendo os aspectos imaginológicos do SAF. O objetivo dessa pesquisa foi descrever os aspectos das imagens de tomografia computadorizada e ultrassonografia do SAF (modo B e Doppler colorido e amplitude), verificando características comuns, particularidades da formação recidivante e correlações com variáveis clínicas. A pesquisa contemplou uma fase prospectiva e outra retrospectiva, totalizando 32 felinos. Ao exame tomográfico, observou-se com maior frequência formas neoplásicas irregulares (62,5%), com prolongamentos digitiformes (100%), realce periférico e heterogêneo (67,7%), borramento dos planos adiposos (68,8%) e áreas sugerindo necrose intratumoral (68,8%). Ao exame ultrassonográfico observou-se contornos irregulares, presença de halo hiperecogênico, ecotextura heterogênea, tecido hiperecogênico contíguo à formação e espessamento hipoecogênico do subcutâneo adjacente, além de ecogenicidade mista, devido à presença de áreas sugerindo necrose intratumoral (83,3%). Ao estudo Doppler, observou-se distribuição vascular mais evidente na região periférica (83,3%), com calibre homogêneo (83,3%), fluxo regular (50%) e misto (50%). A quantidade de vasos neoplásicos detectados pela TC foi maior do que por US Doppler (p=0,024). O volume e o tempo de evolução da formação apresentaram alta correlação nos casos não recidivantes (p<0,001). A presença de metástase salteada foi mais comum em formações recidivantes (p=0,001). O uso de meio de contraste intravenoso e do recurso MPR permitiu melhor delimitação das margens da formação pela TC e uma mensuração neoplásica mais criteriosa. Os histogramas revelaram uma quantidade representativa de gordura na composição do SAF, e foi observada quantidades superiores de músculos acometidos na presença de um espessamento da gordura adjacente à formação (p=0,003). Os exames de diagnóstico por imagem foram importantes para caracterização do SAF, especialmente no que se refere a delimitação de suas margens e na avaliação dos tecidos adjacentes, além de fornecerem informações relevantes para o estadiamento neoplásico e para terapêutica.
Título em inglês
Computed tomographic and ultrasonographic characterization of feline injection-site sarcoma
Palavras-chave em inglês
Computed tomography
Feline injection-site
Feline neoplasia
Feline vaccine sarcoma
Ultrasonography
Resumo em inglês
The feline injection-site sarcoma (FIIS) is a rare mesenchymal neoplasm and has poor prognosis. It develops in a site previously used for intravenous applications or undergone trauma. Few studies were found in the literature describing the imaging features of FIIS. The aim of this research was to describe computed tomographic (CT) and ultrasonographic (B mode, color and power Doppler) images of FIIS to find common characteristics, particularities of disease recurrence and correlations with clinical variables. The study had a prospective and a retrospective phases, totaling 32 cats. At the CT scan it was observed more frequently an irregular neoplastic forms (62,5%) with fingerlike projections (100%), peripheral and heterogeneous enhancements (67,7%), blurring of the adjacent fat (68,8%) and areas suggesting intratumoral necrosis (68,8%). At the ultrasound it was observed irregular outlines, with hyperechoic halo, heterogeneous echotexture, hyperechogenic tissue adjacent at the tumor and thickening of the adjacent hypoechogenic subcutaneous tissue. Mixed echogenicity with areas suggesting intratumoral necrosis was generally observed (83,3%). Doppler study showed more evident vascular distribution in the peripheral region (83,3%) with homogeneous diameter (83,3%), smooth (50%) and mixed (50%) flow. The quantity of tumor vessels was higher at CT than Doppler ultrasound (p=0,024). The presence of a vessel tumor coming from vessels of the abdominal cavity on CT may be an important finding for surgical planning. Tumor volume and time of presentation were correlated with non-recurrent cases (p<0,001). Skip metastasis showed high correlation with recurrent cases (p=0,001). The use of postcontrast phase at CT scans and MPR allowed better delineation of tumor margins and a more carreful measurement. Histograms revealed a representative amount of fat in tumor composition. A tendency of higher amounts of muscles being involved was observed with fat thickening near the tumor (p=0,003). Diagnostic imaging was important to characterization of FIIS, especially to delimitate tumor extension, evaluate compromised adjacent tissues providing relevant information for tumor staging and therapeutic planning.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-22
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ZARDO, K. M., et al. Aspectos tomográficos do sarcoma de aplicação felino. Archives of Veterinary Science, 2013, vol. 18, p. 34-34.
  • ZARDO, K. M., et al. Sarcoma de aplicação felino: aspectos do diagnóstico por imagem. Clínica Veterinária (São Paulo), 2013, vol. 17, p. 76-82.
  • ZARDO, K. M., et al. Aspectos tomográficos do sarcoma de aplicação felino. In Simpósio Internacional de Diagnóstico por Imagem Veterinário, 2., Curitiba, PR, 2012. Resumos do II SINDIV., 2012. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.