• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-26112013-172939
Documento
Autor
Nome completo
Lara Lopes Facó Mott
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Ambrósio, Aline Magalhães (Presidente)
Fantoni, Denise Tabacchi
Kahvegian, Marcia Aparecida Portela
Título em português
Avaliação hemodinâmica, de oxigenação, mecânica pulmonar e marcadores de inflamação em equinos submetidos a videolaparoscopia em posição de Trendelenburg
Palavras-chave em português
Eqüino
Laparoscopia
Pneumoperitônio
Trendelenburg
Ventilação
Resumo em português
A laparoscopia em equinos para a realização de castração de criptorquídicos, herniorrafia inguinal, biópsias teciduais, ovariectomia e exploração abdominal são procedimentos freqüentes na medicina veterinária atualmente e muitas vezes, requerem anestesia geral. Para tanto, há a necessidade do posicionamento do animal com inclinação da cabeça para baixo e elevação da pelve (posição de Trendelenburg) e a insuflação de dióxido de carbono (CO2) sob pressão na cavidade abdominal, pois este procedimento facilita a visualização dos órgãos abdominais pelo cirurgião. Este técnica pode promover diversas alterações sistêmicas no animal, principalmente em relação à hemodinâmica, oxigenação e mecânica respiratória. O objetivo este estudo foi avaliar os efeitos da insuflação abdominal com CO2 e a posição de Trendelenburg sobre a mecânica respiratória, hemodinâmicas central e periférica, oxigenação e marcadores inflamatórios sistêmicos em equinos adultos, submetidos à ventilação controlada associada à pressão positiva no final da expiração (PEEP). Para tanto foram utilizados 8 equinos, sendo 7 machos e 1 fêmea, pesando 367 ±56 Kg. Os animais foram medicados com MPA, seguida de indução anestésica e anestesia inalatória com isoflurano. Após o período de instrumentação foi realizada uma manobra de recrutamento alveolar, instituição do pneumoperitônio de 8 mmHg e inclinação da mesa cirúrgica em 25° por 60 minutos. Os parâmetros foram avaliados após a manobra de recrutamento alveolar, 10 e 60 minutos após a inclinação da mesa e 30 minutos após o retorno ao decúbito dorsal. Durante o período em que os animais permaneceram em Trendelenburg houve aumento significativo de PAP, POAP, PVC, IRVS, IRVP e IS. O mesmo ocorreu com as pressões de pico e de platô e com a resistência. Ao longo deste mesmo período houve ainda diminuição da fração PaO2/FiO2, aumento da diferença de conteúdo arteriovenoso de oxigênio e aumento da taxa de extração de oxigênio. Em relação aos valores de IL- 1Ra, IL-10 e TNFα não houve diferença entre aqueles obtidos antes e depois do procedimento experimental.
Título em inglês
Evaluation of hemodynamic, oxygenation and pulmonary mechanic status and inflammatory markers in horses undergoing video laparoscopic surgery in Trendelenburg position
Palavras-chave em inglês
Capnoperitonio
Equine
Laparoscopy
Trendelenburg
Ventilation
Resumo em inglês
Laparoscopic surgeries in horses to perform castration of cryptorchid, tissue biopsies and ovariectomy are common and often require general anesthesia. In addition, there is the need for placement the animal with head tilt and elevation of pelvis (Trendelenburg) and insufflation of carbon dioxide (CO2) under pressure in abdominal cavity. This study aimed to evaluate changes in mechanical ventilation, systemic inflammatory response as well as hemodynamic changes and oxygenation values in horses during surgery in Trendelenburg position. The studied population consisted of 8 horses, weighting 367±56 kg. The animals were kept under general anesthesia in dorsal recumbency, with 8 mmHg capnoperitonium and tilted at 25° for 60 minutes. During a preliminary stabilization period the horses were instrumented for monitoring and data collection. The mechanical ventilation was performed with controlled volume and positive end-expiratory pressure (PEEP). Before placing the animal in Trendelemburg position one recruitment maneuver was performed. All data were recorded at 10 and 60 minutes after tilting the animal and after 30 minutes it has been placed back in dorsal recumbency. There was a significant variation of PAP, OPPA, CVP, SVRI and PVRI before and after the tilted position. There was also increase in inspiratory pick pressure, plateau pressure and expired CO2. The static compliance decreased 32%, followed by enhancement of PaCO2 from 53 to 72 mmHg until the end of Trendelemburg. The PaO2/FiO2 ratio reduced 37% followed by decrease in oxygen saturation. The ventilation strategy associated with procedure did not promote enhancement of plasmatic concentrations of IL-10, IL- 1Ra, and TNFα.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-05-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.