• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2016.tde-27012016-081544
Documento
Autor
Nome completo
Maira Rezende Formenton
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fantoni, Denise Tabacchi (Presidente)
Ferrigno, Cassio Ricardo Auada
Yeng, Lin Tchia
Título em português
Eletroterapia e laserterapia no controle da dor e inflamação no período pós-operatório em cães submetidos a cirurgia de osteotomia de nivelamento do platô da tíbia: estudo prospectivo
Palavras-chave em português
Dor aguda
Fisioterapia
Laser
TENS
TPLO
Resumo em português
A fisioterapia é uma área medicina veterinária com um crescente interesse científico, da mesma forma que sua aplicação em pequenos animais. Em cães, entre as indicações da reabilitação está o pós-operatório ortopédico recente, em que os objetivos principais são o controle álgico e da inflamação, possibilitando um restabelecimento funcional precoce. Dentre as afecções ortopédicas, a ruptura de ligamento cruzado cranial é a mais comum na articulação fêmoro-tíbio-patelar em cães, sendo a técnica de nivelamento do platô tibial amplamente empregada. O presente estudo teve como objetivo a análise dos efeitos da eletroterapia e da laserterapia nos aspectos de dor e inflamação no pós-operatório recente da referida cirurgia ortopédica. Para esta avaliação, foi utilizada uma metodologia multimodal que incluiu escalas de dor unidimensional (ENV) e multidimensional (Glasgow), escalas de claudicação, análise cinética por baropodometria, análises perimétricas e termográficas da articulação. Vinte e quatro cães foram selecionados, sendo que efetivamente distribuídos e randomizados entre os grupos, 16. Dentre eles, 9 animais foram distribuídos no grupo Fisioterapia (F) e 7 no grupo Placebo(P). Os animais do grupo fisioterapia foram submetidos a 6 sessões de eletroterapia associada à laserterapia, enquanto os animais do segundo grupo submetidos a 6 sessões placebo. Ambos os grupos foram avaliados antes da cirurgia, no pós-operatório previamente às sessões e ao término das 6 sessões. O grupo fisioterapia teve benefícios evidenciados nas análises seriadas das escalas de dor, com valores de P=0,0156 e P=0,011, nos quesitos de ENV do avaliador e do cuidador respectivamente. Nas análises de dor através da escala de Glasgow, os valores de P=0.0272 na análise seriada do grupo tratado, confirmando a melhora deste grupo em relação ao controle, onde o resultado de P=0.4375. Porém, não foram observadas diferenças nos quesitos de escalas de claudicação, avaliação de edema através de perimetria, e, inflamação através da termografia, em relação ao grupo placebo. Na avaliação cinética, houve diferença na análise dos parâmetros de impulso vertical, tendendo à melhora do grupo fisioterapia, porém na análise do pico de força vertical, que é mais sensível, não houve diferença entre os grupos. Houve também a necessidade de resgate analgésico em três animais do grupo placebo, sendo que nenhum animal do grupo Fisioterapia necessitou de resgate. Conclui-se que os animais submetidos às sessões de fisioterapia tiveram melhor evolução nos quesitos de dor, além de não necessitarem de resgate analgésico. Não houve influência da laserterapia no controle da inflamação e do edema através dos métodos avaliados. Evidencia-se a necessidade de mais estudos sobre os resultados das técnicas de fisioterapia quando aplicadas à rotina clínica veterinária, especialmente, com um maior número de amostras
Título em inglês
Electrotherapy and laser therapy on the control of pain and inflammation in the post operatory period after Tibial Plateau Leveling Osteotomy: a prospective study
Palavras-chave em inglês
Acute Pain
Laser
Physical therapy
TENS
TPLO
Resumo em inglês
Physical therapy is a veterinary medicine area with a growing scientific interest, as its application in small animals. In dogs, among the physiotherapy indications is the recent orthopedic post operatory period, in order to control pain and inflammation to get an early functional recovery. Among the orthopedic diseases, the cranial cruciate ligament rupture is the most common disease in the femoral-tibio-patellar joint in dogs, and the tibial plateau leveling osteotomy, the to more common surgical approach. This study aimed to evidence the effects of electrotherapy and laser therapy on aspects of pain and inflammation in the post operatory of that recent surgery. For this evaluation were used multimodal methods that included unidirectional and multidirectional pain scales, lameness scales, kinetic analysis by baropodometry, perimeter and thermographic analysis. Twenty-four dogs were selected, which effectively distributed between the groups 16. Among them, 9 animals in physiotherapy group (F) 7 and the placebo group (P). Animals in the physical therapy group underwent 6 electrotherapy sessions associated with laser therapy, and the other group underwent 6 placebo sessions. Both groups were evaluated before surgery, in the post recent post operatory, before the treatment, and after 6 sessions. The physiotherapy group had benefits shown in the serial analysis of pain scales, with P = 0.0156 and P = 0.011 values for the treated group, for ENV questions of the evaluator and the owner, respectively. The pain analysis by the Glasgow scale, the values of P = 0.0272 in the serial analysis of the treated group, confirming the improvement of this group compared to the control group, which had the P = 0.4375. Despite of these findings, no differences were observed in the categories of lameness scales, edema assessment through perimetry and thermography. In the kinetic evaluation, there were differences in the analysis of vertical impulse parameters, tending to improve of the physiotherapy group, but in the analysis of vertical peak force, which is more sensitive, there was no difference between groups. There was also the need for analgesic rescue medication in three animals of the placebo group. We conclude that animals subjected to actual physical therapy sessions had improvement in pain scores, and do not require analgesic rescue. There was no influence on the swelling or on the inflammation through the methods used in this study. Further studies are needed, especially with a larger number of animals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.