• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2012.tde-28052013-152345
Documento
Autor
Nome completo
Leda Marques de Oliveira Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Matera, Julia Maria (Presidente)
Dias, José Luiz Catão
Silva, Ana Luiza Werneck da
Silva, Ricardo Duarte
Stopiglia, Angelo João
Título em português
Avaliação endoscópica de cães portadores de doença inflamatória intestinal crônica: correlação com índices clínicos, laboratoriais e histopatológicos
Palavras-chave em português
Avaliação histopatológica e laboratorial
Doença inflamatória intestinal crônica
Endoscopia
Escore clínico
Marcadores inflamatórios
Resumo em português
O objetivo do presente trabalho foi diagnosticar a doença inflamatória intestinal crônica em cães acometidos por sinais gastrointestinais bem como avaliar a contribuição de diferentes parâmetros utilizados no diagnóstico desta afecção. Para tanto, 20 cães apresentando sinais compatíveis com a doença foram incluídos no estudo (grupo afetado) e comparados com 20 animais saudáveis (grupo controle). Foram atribuídos escores clínicos e realizadas avaliações endoscópicas e histopatológicas dos animais do grupo afetado. Amostras de sangue e fezes de ambos os grupos foram coletadas, armazenadas a -80°C e, posteriormente, utilizadas para a mensuração de TNF-alpha, proteína C-reativa, calprotectina, proteína S100A12, Folato e Cobalamina. A mediana dos valores de albumina sérica foi 3,17 e apenas um animal apresentou hipoalbuminemia. Todas as avaliações endoscópicas mostraram algum grau de alteração nos parâmetros avaliados, sendo que o edema e a hiperemia foram os mais observados. Quanto à avaliação histopatológica, processos do tipo linfocítico plasmocítico foram os mais diagnosticados, presentes em 12 dos 17 acometimentos gástricos, nove dos 15 acometimentos duodenais e nove de 11 acometimentos colônicos. Quando se analisam os escores atribuídos aos parâmetros gástricos, 67,3% das avaliações foram consideradas normais, enquanto que 27,4% foram considerados com alterações leves. Para os fragmentos duodenais, 55,3% das avaliações demonstraram tecidos normais enquanto que 36,0% foram considerados com alterações leves. No que se refere ao cólon, apenas 38,6% dos parâmetros avaliados foram normais enquanto que 45,4% receberam avaliações de alterações leves. As medianas dos escores atribuídos para estômago, duodeno e cólon foram, respectivamente, 3; 3 e 6. A comparação entre valores de proteína C-reativa entre grupo afetado e controle apresentou diferença estatisticamente significante. Esta diferença também foi significante quando se comparou o grupo controle aos subgrupos afetado I e afetado II. Embora valores séricos de calprotectina não foram estatisticamente significantes, a mensuração fecal desta proteína foi mostrou diferença significante entre os grupos. Em relação mensuração sanguínea da proteína S100A12, os valores de medianas de ambos os grupos foram próximos (195,90 µg/L e 195,55 µg/L para grupos afetado e controle, respectivamente) e a comparação entre estes valores não foi estatisticamente significante. Esta diferença também não foi significante na comparação dos valores fecais. Mensurações de folato e cobalamina não se mostraram estatisticamente significante na comparação entre animais afetados e sadios. Observaram-se correlações entre valores de proteína C-reativa e escore clínico, proteína C reativa e escore histopatológico do cólon, albumina e calprotectina fecal, albumina e S100A12 fecal, valores séricos de S100A12 e calprotectina, valores fecais de S100A12 e calprotectina.
Título em inglês
Endoscopic evaluation of dogs with inflammatory bowel disease: correlation with clinical, laboratory and histopathological scores
Palavras-chave em inglês
Clinical scores
Endoscopy
Inflammatory bowel disease
Inflammatory Markers Histopathological and laboratory evaluation
Resumo em inglês
The purpose of this study was to diagnose inflammatory bowel disease in dogs with gastrointestinal signs as well as to evaluate the contribution of different parameters used in the diagnosis of this disease. Twenty dogs with compatible signs of the disease were included in the study (affected group) and compared with 20 healthy animals (control group). Clinical scores were assigned and endoscopic and histopathological analysis were performed in affected animals. Samples of blood and feces were collected from both groups, stored at -80°C and then used to measure TNF-alpha, C-reactive protein, calprotectin, S100A12 protein, folate and cobalamin. Seric albumin median level was 3.17g/dL and only one animal had hypoalbuminemia. All endoscopic evaluations showed some degree of change in the assessed parameters, and hyperemia and edema were the most frequently ones observed. In the histopathological evaluation, lymphocytic plasmocytic process was the most frequently diagnosed (12 out 17 gastric conditions, nine out 15 duodenal conditions and nine out 11 colonic conditions). When analyzing the scores assigned to the gastric parameters, 67.3% of the evaluations were considered normal, while 27.4% presented slight alterations. For duodenal fragments, 55.3% of the evaluations showed normal tissue, while 36.0% were considered slightly altered. Regarding the colon, only 38.6% of these parameters were normal, whereas 45.4% of the evaluations presented slight changes. The median of the scores assigned to the stomach, duodenum and colon were 3, 3 and 6, respectively. The comparison of the Creactive protein values between affected and control groups showed statistical difference. This difference was also significant when comparing the control group to affected I and affected II subgroups. Although seric values of calprotectin werent statistically significant, fecal data statistically differed between the groups. Regarding seric protein S100A12 measurement, the median values of both groups were similar (195.90 mg/L and 195.55 mg/L for the affected and control groups, respectively) and the difference between these values was not statistically significant. The comparison between fecal S100A12 protein values didnt showed a significant difference. Folate and cobalamin measurements showed no statistical difference when comparing healthy and affected animals. A direct positive correlation was found between C-reactive protein and clinical score. C-reactive protein and histopathological score of colon, albumin and fecal calprotectin, albumin and fecal protein S100A12, seric protein S100A12 and seric calprotetin and fecal protein S100A12 and fecal calprotectin were correlated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-24
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Auler, F., et al. Estenose Pilórica em Gato: relato de caso. In 39 Congresso Brasileiro de Medicina Veterinaria (CONBRAVET), Santos, 2012. 39 Congresso Brasileiro de Medicina Veterinaria (CONBRAVET)., 2012. Resumo.
  • Oliveira-Barros, L.M., et al. Endoscopic and Histopathological Evaluation of Canine Mast Cell Tumors. In 30th Annual Conference of the Veterinary Cancer Society, San Diego, 2010. Proceedings of the 30th Annual Conference of the Veterinary Cancer Society., 2010. Abstract.
  • Oliveira-Barros, L.M., et al. Plasmatic gastrin in mast cell tumors and correlation with gastric lesions. In 35th Annual Conference Veterinary Cancer Society, Las Vegas, 2012. Proceedings of the Veterinary Cancer Society., 2012. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.