• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-29092016-100227
Documento
Autor
Nombre completo
Ivete Maria Cattani
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Baruque Ramos, Júlia (Presidente)
Borelli, Camilla
Sayeg, Isaac Jamil
Zonatti, Welton Fernando
Título en portugués
Fibra de Buriti (Mauritia flexuosa Mart.): registro em comunidade local(Barreirinhas-MA, Brasil), caracterização físico-química e estudo comimpregnação com resinas
Palabras clave en portugués
Artesanato
Biodiversidade
Buriti
Caracterização físico-química
Comunidade
Design
Engenharia
Fibra
Mauritia flexuosa
Resina
Têxtil
Resumen en portugués
Mauritia flexuosa Mart. (buriti) é uma espécie de palmeira que se encontra amplamente distribuída na América do Sul e Central. Com importância histórica no desenvolvimento do país, essa palmeira tem desempenhado relevante papel ambiental, econômico e sociocultural. O buriti fornece matéria-prima para múltiplas aplicações tais como alimentos, bebidas, cosméticos, mobiliário, artesanato, entre outros. As fibras retiradas das folhas jovens da palmeira, conhecidas popularmente como linho e borra de buriti, são muito empregadas em produtos de artesanato, os quais incorporam a memória cultural e artística das comunidades que os produzem. Os objetivos deste estudo foram: registrar o processo de extração, beneficiamento e produção artesanal com as fibras de buriti (linho e borra), junto à comunidade local (Barreirinhas-MA, Brasil) e em visitas técnicas a associações (São Luís-MA, Brasil); efetuar a caracterização físico-química têxtil dessas fibras e esteiras em estado natural e realizar a impregnação com resinas para verificar se ocorre melhoria nas propriedades desses materiais. Foi acompanhada e registrada a cadeia produtiva do artesanato com buriti e, com as gravações, fotografias e filmagens, foi realizado o vídeo intitulado Fibra de Buriti: da Folha ao Produto - Artesanato e Design. Os principais resultados dos testes tênseis, para o linho e borra de buriti, foram respectivamente: tenacidade na ruptura (cN/tex): 28,4±5,5 (CV=19,6%) e 18,0±6,3 (CV=34,9%); percentual de alongamento na ruptura (%): 8,3±0,5 (CV = 6,8%) e 5,0±0,8 (CV=15,5%); Módulo de Young (N/tex): 6,1±0,8 (CV=13,1%) e 6,0±1,6 (CV=25,9%). Esses valores para a fibra de linho sugerem potencial para processos de fiação, tecelagem e produção de compósitos, assim como em fibras de espécies de reconhecida empregabilidade têxtil. Os valores tênseis para a borra são inferiores aos relacionados aos da fibra de linho de buriti in natura. Os valores obtidos de regain das fibras de linho e borra de buriti in natura foram respectivamente 8,5% e 9%. Na microscopia de corte transversal, para a fibra de linho foi determinado diâmetro celular de 8,5 µm e, para a fibra de borra, diâmetro celular de 7,2 µm. Os testes de FTIR indicam uma grande semelhança de características químicas entre o linho e a borra de buriti. Assim, as principais diferenças notadas são devidas a diferenças de suas características físicas. Há indicação que os produtos feitos com o linho de buriti possam ser limpos através de processos brandos de lavagem doméstica sem danos significativos à sua estrutura. Por outro lado, a imersão em álcool provocou alterações aos materiais, contraindicando seu uso. De modo geral, a aplicação de resinas sobre os produtos feitos de fibras de buriti não implicou em melhorias consideráveis nas propriedades desses materiais, sendo seu uso recomendável somente em casos específicos. Assim, o presente estudo pretende ampliar o respeito com os saberes das comunidades locais que extraem e empregam essa fibra; aumentar as informações sobre a potencialidade da biodiversidade brasileira e a possibilidade de emprego da fibra de buriti na elaboração de soluções e novos produtos para aplicação em engenharia e design
Título en inglés
Buriti fiber (Mauritia flexuosa Mart.): registration in local community (Barreirinhas-MA, Brazil), physicochemical characterization and study of impregnation with resins.
Palabras clave en inglés
Biodiversity
Buriti
Community
Design
Engineering
Fiber
Handicraft
Mauritia flexuosa
Physicochemical characterization
Resin
Textile
Resumen en inglés
Mauritia flexuosa Mart. (buriti) is a palm tree species which is widely distributed in South and Central America. Presenting historical importance in the development of the country, this palm has played a significant environmental, economic and socio-cultural role. Buriti provides raw material for multiple applications such as food, beverages, cosmetics, furniture, handicrafts, among others. The fibers removed from the young leaves of the palm tree, popularly known as buriti linen and draff, are very much employed in handicraft products, which incorporate the cultural and artistic memory of the communities that produce them. The objectives of this study were: to record the process of extraction, processing and handicraft production with buriti fibers ('linen' and draff), together to local community (Barreirinhas-MA, Brazil) and technical associations visits (São Luís-MA, Brazil); to perform the textile physicochemical characterization of these fibers and mats in natural state and carry out the impregnation with resins in order to investigate the possibility of improvement in the properties of these materials. The handicraft production chain with buriti was monitored and recorded and with the recordings, photos and films, was made the video entitled "Buriti fiber: from leaf to product Handicraft and Design". The main results of tensile tests for 'linen' and 'draff' of buriti, were respectively: tenacity at break (cN/tex): 28.4±5.5 (CV=19.6%) and 18.0±6.3 (CV=34.9%); percentage elongation at break (%): 8.3±0.5 (CV=6.8%) and 5.0±0.8 (CV=15.5%); Young's Modulus (N/tex): 6.1±0.8 (CV=13.1%) and 6.0±1.6 (CV=25.9%). These values for linen fiber suggest the potential for spinning, weaving and production of composites processes, as well as fiber species of recognized textile employment. The tensile values for draff fiber are lower than related to the 'linen' buriti fiber in natura. The values obtained from regain of the 'linen' and 'draff' fibers of buriti in natura were respectively 8.5% and 9%. In the cross microscopy for linen fiber 'flax' was determined the cell diameter of 8.5 µm and for the draff fiber, cell diameter of 7.2 µm. FTIR tests indicate a strong similarity between the chemical characteristics of linen and draff of buriti. Thus, the main noticeable differences are due to differences in their physical characteristics. There is indication that the products made with the buriti linen could be cleaned by gentle home laundering processes without significant damage to its structure. Moreover, the immersion in alcohol caused changes to the materials, contraindicating their use. Generally, the application of resins on products made of buriti fibers did not result in significant improvements in the properties of these materials, and its employment is recommended only in specific cases. Therefore, this study intends to increase the compliance with the knowledge of local communities that draw and employ this fiber; to increase information about the potential of Brazilian biodiversity and the possibility of buriti fiber use in the elaboration of solutions and new products for application in engineering and design
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-10-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.