• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2013.tde-01112014-132257
Documento
Autor
Nome completo
Tânia Rajczuk Dombi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Aulicino, Madalena Pedroso (Presidente)
Gomes, Suzana Helena de Avelar
Vargas, Heliana Comin
Título em português
O espaço comercial como um valor cultural
Palavras-chave em português
Arte
Comércio
Cultura
Design
Galeria
Loja
Museu
Resumo em português
É perceptível a tendência contemporânea da multifuncionalidade do objeto e do espaço. Este último desdobra-se e desconstrói-se em ambientes inter ou não-relacionados, agregando funções num mesmo lugar. Se o espaço mais óbvio para se encontrar arte e história é em uma galeria ou em um museu, é de se estranhar que estabelecimentos comerciais possam atuar nesta função artístico-cultural. Neste caso, é quase imediato pensar que esta ação poderia ser exercida deficientemente ou que alguma forma de lucro estaria fortemente envolvida. Mas há exceções; são locais onde não só o objeto deve ser tocado, sentido, experienciado como nas instalações artísticas contemporâneas como o ingresso a eles é sempre livre. Como em galerias e museus, a exposição do objeto é primordial, podendo fazer parte de um cenário original e preservado, reconstituído ou quase teatral, onde esta recepção estética apoia-se também em um conjunto de informações e interações com seu espectador. Quando a arquitetura do lugar também destaca-se, especialmente se tombada pelo patrimônio histórico e artístico (ou com possibilidades de ser), torna-se quase impossível somente se ater a uma única atividade exercida no local e não ao conjunto em si. As relações e fusões entre estabelecimentos comerciais com alguns artifícios e técnicas museológicas, através de desdobramentos tais como loja-museu, loja de museu e loja-galeria são objetos desta pesquisa, onde procura-se não só refletir sobre a abrangência dos lugares culturais, como sobre a identidade de uma cidade através do comércio local. A opção por modos de pesquisa diversos textuais, iconográficos e de campo foi fundamental para a constatação do comércio como uma forma de cultura, sendo que os três estudos de caso, todos localizados na Cidade de São Paulo, possibilitam também verificar a necessidade de seleção para a explicação desta ocorrência, assim como a abrangência cultural através da descrição de práticas tanto em comum quanto bem diferentes entre si. Assim, o comércio associa-se à arte, ao design, à moda, à história, ao lugar e à identidade, constituindo-se também como uma demonstração a visões que negam ou excluem esta atividade como também sendo legitimamente cultural.
Título em inglês
The commercial space as a cultural value
Palavras-chave em inglês
Art
Commerce
Culture
Design
Gallery
Museum
Shop
Trade
Resumo em inglês
It is noticeable the contemporary tendency of the multifunctionality of an object and the space. The latter unfolds and deconstructs into inter or not related environments, aggregating functions in the same place. If the most obvious place to find art and history is in a gallery or in a museum, it is quite strange that commercial establishments are able to act in this artistic-cultural activity. In this case, it is almost immediate thinking about this action as one that could be defectively performed or that some kind of profit could be strongly involved. However, there are exceptions; they are places where not only the object must be touched, be felt, be experienced as in the contemporary installations art but also the ticket for them is always free. Like in galleries and museums, the exhibition of the object is primordial, being able to take part in a original and well preserved scenery, reconstructed or almost theatrical, where the aesthetic reception is also based upon a combination of information and interactions with the spectator. When the architecture of the place is remarkable too, especially if it is under governmental trust as a historic or artistic heritage (or it has great possibilities), considering only one performed activity in this spot is almost impossible when there is a combination of them. The relations and fusions among commercial establishments with some museological resources and techniques - by the expansions such as shop-museum, museum shop, shop-gallery, are objects of this research, which attempts not only reflecting about the scope of cultural places but also about the identity of a city, observing the local trade. The option for different ways of research textual, iconographic and of field was fundamental for the confirmation of the commerce as a form of culture, observing that the three case studies, all localized in the City of São Paulo, also enable to verify the necessity of selection for the explanation about this occurrence, as well as the description about the cultural scope of practices both in common and unlike each other. Thus, there are associations between commerce and art, design, fashion, history, place and identity, constituting oneself also as a demonstration to visions which deny or exclude this activity as a legitimately cultural one too.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Errata.pdf (60.08 Kbytes)
Data de Publicação
2014-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.