• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-14122015-230213
Documento
Autor
Nome completo
Muara Kizzy de Figueiredo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pedrazzoli Neto, Mario (Presidente)
Miguel, Mario André Leocadio
Piassi, Luis Paulo de Carvalho
Tiba, Paula Ayako
Título em português
Os horários fora de lugar: tempos sociais e tempos biológicos na obra de Machado de Assis
Palavras-chave em português
Assis. Machado de - 1839-1908
Cronobiologia
Literatura brasileira - Século 19
Ritmos biológicos
Tempo - Aspectos sociais
Resumo em português
Este trabalho pretende estimar as concepções históricas e sociais de tempo que permeiam a obra do escritor Machado de Assis (1839-1908). Para tanto, concebe-se que ao ler um romance, enredo e personagem são elementos indissociáveis, pois pensamos simultaneamente no seu cotidiano, considerando uma duração temporal, referida a determinadas condições de ambientes. E são nas relações existentes entre personagens e ambiente que se encontra o foco desse estudo, que pretende investigar na obra machadiana, como se dá a expressão da temática do tempo, principalmente em termos dos horários sociais, dos horários de dormir e acordar e dos horários de realização de atividades cotidianas. Como método, foi contemplada a leitura de parte da obra de Machado de Assis, identificando e destacando menções aos horários de sono, refeições, atividades sociais e aspectos do sono. O autor descreve as práticas sociais e os horários em que costumavam ser realizados em meados do século XIX, resultando num vasto material de análise cronobiológica, classificados de acordo com o horário do dia em que costumam ser realizadas na contemporaneidade. Nossos resultados sugerem que os horários sociais do século XIX estão adiantados em relação aos horários em que as mesmas atividades são normalmente realizadas na contemporaneidade. Portanto, conclui-se que as alterações empíricas comuns ao ambiente urbano, sobretudo a luz artificial, são capazes de influenciar os sincronizadores (zeitgebers) temporais, criando novas interações entre a sociedade e o ambiente. O aumento do ruído tecnológico transformou a relação humano-ambiente, alterando horários para refeições, expandindo os horários do dia destinados às práticas sociais de entretenimento ou trabalho e os aspectos relativos ao sono
Título em inglês
Times out of place: social times and biological times in the work of Machado de Assis
Palavras-chave em inglês
Assis. Machado de - 1839 -1908
Biological rhythms
Brazilian literature - 19th Century
Chronobiology
Time - Social aspects
Resumo em inglês
This paper aims to estimate the historical and social conceptions of time that permeate the work of the writer Machado de Assis (1839 -1908) Therefore, conceives that to read a novel, plot and character are inseparable because we think in their daily lives simultaneously, considering a time that is related to certain environmental conditions. In the relationship between characters and environment that is the focus of this paper that we want to investigate in Machado Works,how happens the time theme expression.,mainly according to social, bedtime and the daily activities time.As a method it was chosen a partial reading of Machado de Assis Works, identifying and highlighting references about meals,social activities,sleeping aspects and time.The author describes the time when the social practices happened in XIX mid-century, resulting in a wide chronobiologic material,classified according to the time of the day that they used to be performed in the contemporaneity.Our results suggest that social schedules are ahead of the 19th century compared to today. Therefore, it is concluded that the common empirical changes to the urban environment, especially artificial light, are able to influence the synchronizers (zeitgebers) time, creating new interactions between society and the environment.The Increasing of the technological noise has transformed the human-environment relationship, changing schedules for meals, expanding the time for entertainment or social practices of working and issues related to sleep
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.