• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Victor Bueno Sellin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Christopoulos, Tania Pereira (Presidente)
Caldas, Eduardo de Lima
Igari, Alexandre Toshiro
Souza, Zilma Borges de
Título em português
Uma análise dos fatores que interferem no crescimento da agricultura urbana e periurbana na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Agricultura urbana e periurbana
Estruturas sociais
Sustentabilidade urbana
Teoria das práticas
Resumo em português
O mundo passa por um acelerado processo de urbanização marcado por desequilíbrios sociais e ambientais. As cidades concentram parte relevante do impacto ambiental e consomem recursos e geram resíduos a uma taxa muito maior do que seu território pode absorver, fazendo com que as áreas urbanas sejam cada vez mais importantes na busca pela sustentabilidade. Nesse contexto, a agricultura urbana e periurbana (AUP) surge como uma alternativa para a urbanização sustentável, devido, principalmente, à sua contribuição para o aumento da segurança alimentar, redução de impacto ambiental, reutilização de resíduos orgânicos, revitalização de áreas, desalienação dos moradores e aumento do bem-estar físico e psicológico. Além da falta de dados, a análise da AUP é dificultada pela sua heterogeneidade, nos mais diversos ângulos de análise: interpretação de seus significados, local, forma de governança e técnicas. Esta dissertação propõe sua divisão em quatro tipologias: (i) fazendas urbanas; (ii) terrenos intraurbanos vazios sem interesse imobiliário; (iii) telhados com produção intensiva; e (iv) residencial e institucional. São Paulo é a maior cidade do Brasil, com 12 milhões de habitantes e, apesar de a AUP acontecer no município em diversas tipologias, são escassos os dados sobre a quantidade de alimentos produzidos atualmente e o crescimento dessa atividade na cidade. O objetivo desta dissertação é, por meio de revisão bibliográfica e de estudos de casos, identificar e analisar os fatores que interferem no crescimento da AUP na cidade de São Paulo. A AUP é aqui interpretada pela lente teórica da teoria das práticas, destacando-se as relações recursivas entre seus agentes e as estruturas, por meio dos recursos, normas e esquemas interpretativos. Conclui-se que são onze os principais fatores que interferem no crescimento da AUP na cidade de São Paulo: (i) acesso à terra; (ii) acesso a equipamentos manuais, insumos e máquinas; (iii) acesso a conhecimento técnico e mão de obra; (iv) capacidade de cumprir normas de viabilidade financeira e regras de mercado/empresariais; (v) capacidade de obtenção de certificação; (vi) presença em leis de ocupação da cidade; (vii) poder de mobilização social e audiência nas mídias sociais; (viii) capacidade de gerar atividade profissional com geração de renda; (ix) capacidade de gerar empreendedorismo social; (x) capacidade de desempenhar produção ecologicamente correta; e (xi) capacidade de engajar e promover o ativismo de ocupação do espaço público, senso de comunidade e desenvolvimento de relações não capitalistas. Nota-se que a importância de cada fator é diferente entre as tipologias, conforme demonstraram os estudos de caso. Destaca-se que para as três primeiras tipologias, apesar de seus benefícios ambientais e sociais, a AUP está inserida em normas de mercado tradicionais, e sua possibilidade de crescer e produzir alimentos em quantidade relevante depende do atingimento de viabilidade financeira. Para isso, a AUP se vale de seu discurso pautado pela sustentabilidade para obtenção de cessões de terras, doações de recursos, leis de incentivo e valores de venda acima de mercado. Para a última tipologia, seu crescimento está sujeito a uma mudança mais radical na lógica de consumo e na disseminação do ativismo e de relações não mercantis
Título em inglês
An analysis of the factors that interfere in the growth of urban and peri-urban agriculture in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Practice theory
Social structures
Urban and peri-urban agriculture
Urban sustainability
Resumo em inglês
The world goes through an accelerated process of urbanization marked by social and environmental imbalances. Cities concentrate a significant part of the environmental impact and consume resources and generate waste at a much higher rate than their land can absorb, making urban areas increasingly important in the pursuit of sustainability. In this context, urban and peri-urban agriculture (UPA) emerges as an alternative to sustainable urbanization, mainly due to its contribution to increasing food security, reducing environmental impact, reusing organic waste, revitalizing areas, de-alienating citizens and increasing physical and psychological well-being. In addition to the lack of data, analysis of UPA is hampered by its heterogeneity, at the most diverse angles of analysis: interpretation of its meanings, location, form of governance and techniques. This dissertation proposes its division into four typologies: (i) urban farms; (ii) empty intra-urban land with no interest of real estate development; (iii) intensive production rooftops; and (iv) residential and institutional. São Paulo is the largest city in Brazil with 12 million inhabitants, and although the UPA happens in the city in several types, data on the quantity of food currently produced and the growth of this activity in the city are scarce. The objective of this dissertation is, through bibliographical review and case studies, to identify and analyze the factors that interfere in the growth of AUP in the city of São Paulo. The UPA is here interpreted by the theoretical lens of the theory of practices, highlighting the recursive relations between its agents and the structures, through resources, norms and interpretative schemes. It is concluded that there are eleven main factors that interfere in the growth of UPA in the city of São Paulo: (i) access to land; (ii) access to equipment, supplies and machines; (iii) access to technical knowledge and labor; (iv) ability to comply with financial viability standards and market / business rules; (v) ability to obtain certification; (vi) presence in occupancy laws of the city; (vii) power of social mobilization and audience in social media; (viii) ability to generate professional activity with income generation; (ix) ability to generate social entrepreneurship; (x) ability to perform ecologically correct production; and (xi) ability to engage and promote the activism of public space occupation, sense of community and development of non-capitalist relations. It is noted that the importance of each factor is different between the typologies, as the case studies showed. It should be noted that for the first three typologies, despite its environmental and social benefits, the UPA is embedded in traditional market norms, and its ability to grow and produce food in a relevant quantity depends on the attainment of financial viability. For this, the UPA relies on its sustainability-based discourse to obtain land assignments, resource donations, incentive laws and above-market sales values. For the latter typology, its growth is subject to a more radical change in the logic of consumption and the spread of activism and non-market relations
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.