• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.101.2020.tde-16012020-120029
Documento
Autor
Nome completo
André Ziccardi Gomes Nogueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Amâncio Jorge Silva Nunes de (Presidente)
Cepaluni, Gabriel
Pfeifer Filho, Alberto
Título em português
O papel de estados hegemônicos na provisão de bens públicos globais: uma abordagem em teoria dos jogos
Palavras-chave em português
Bens públicos globais
China
Estados Unidos
Hegemonia
Teoria dos jogos
Resumo em português
A ascensão da China e o declínio relativo dos Estados Unidos têm instigado os pesquisadores das Relações Internacionais a levantar hipóteses acerca de possíveis mudanças na configuração da ordem internacional. Parece-nos plausível que, enquanto a China caminha para a liderança da economia mundial, em termos absolutos, dificilmente haverá algum Estado capaz de desafiar a preponderância militar norte-americana, pelo menos, a médio prazo. Dessa forma, o sistema internacional poderá vir a ser conformado por dois Estados que, quando contabilizados individualmente, conservam quantidade de poder substancialmente maior que os demais. Nesse sentido, esta pesquisa visa a averiguar a possibilidade da cooperação entre os dois Estados hegemônicos e um terceiro Estado na provisão de um bem público global, como a estabilidade econômica internacional, à comunidade internacional. Adicionalmente, o estudo propõe-se a compreender quais as possíveis formas de cooperação que, potencialmente, emergirão. Para executar este trabalho, será construído um modelo matemático, fundamentado na Teoria da Escolha Racional e na Teoria dos Jogos, que simule a interação estratégica repetida dos Estados que compõem o sistema internacional.
Título em inglês
The role of hegemonic states in the provision of global public goods: a game theoretical approach
Palavras-chave em inglês
China
Game theory
Global public goods
Hegemony
United States
Resumo em inglês
The rise of China and the relative decline of the United States have instigated International Relations researchers to hypothesize about possible changes in the shape of the international order. It seems plausible to us that as China moves to the leadership position of the world economy in absolute terms, there is hardly any state that can challenge US military preponderance, at least in the medium term. Thus, the international system may be formed by two states that, when accounted for individually, retain substantially greater amounts of power than the others. In this sense, this research aims to investigate the possibility of cooperation between the two hegemonic states and a third state in the provision of a global public good, such as international economic stability, to the international community. Additionally, the study proposes to understand what possible forms of cooperation will potentially emerge. To perform this work, a mathematical model based on Rational Choice Theory and Game Theory will be built, simulating the repeated strategic interaction of the states that make up the international system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.